Arquivo T: A real validade das opiniões nos dias atuais

Depois de um longo tempo sem escrever nessa área, esse é um “Arquivo T” diferente, mais sério do que o usual, mas acho que vai valer a pena a reflexão (pelo menos é o que espero dos leitores não só dessa área do site, mas de nossos textos em geral).

Como dizem por aí, quando começamos nossas atividades em 2008, as coisas por aqui eram tudo mato. Talvez não tão mato assim, mas eram completamente diferentes do que vemos hoje, quando qualquer um tem possibilidade de criar seu próprio site e imprimir suas opiniões sobre os mais variados assuntos.

Tal facilidade instaurou uma verdadeira guerra de pseudo intelectos, seja entre profissionais de mídia, ou entre quem simplesmente se auto intitula “crítico” (e acredite: isso é o que mais tem hoje em dia).

E as opiniões deixaram de ser respeitadas para virarem debates pouco saudáveis. Nas saídas das cabines de imprensa, já perdi a conta de quantas vezes pretensos integrantes de fandons (em especial os que dizem respeito a filmes baseados em Histórias em Quadrinhos e Livros/ Animações prévias) procuram impor suas “verdades absolutas”, não importando o quanto isso possa parecer ofensivo para seu colega de trabalho.

Isso torna o trabalho do jornalista complicado, porque temos que pensar e repensar e pensar novamente em cada palavrinha que falamos / escrevemos, porque sempre terá alguém que discordará  – o que pode ser bom para render uma discussão construtiva, mas que na esmagadora maioria das vezes é o ponto inicial para mais um dos aparentemente infindáveis “bate-bocas”que não levam a lugar nenhum e ainda podem ser bastante nocivos para quem leva para o lado pessoal – o que pode não ser o mais correto, mas que acontece de vez em quando.

Então, se você leu esse texto até aqui, pense bem antes de ser uma dessas pessoas que gastam seu tempo para ofender alguém, não importa o motivo. Se você é fã de alguma coisa e um amigo (ou mesmo um desconhecido virtual) não curte o mesmo, está tudo bem. Siga gostando do que lhe faz bem, do que lhe diverte e traz satisfação e bola pra frente.

“Um dos paradoxos dolorosos do nosso tempo reside no fato de serem os estúpidos os que têm a certeza, enquanto os que possuem imaginação e inteligência se debatem em dúvidas e indecisões” (Bertrand Russell).

por Lara McCoy

Filed in: Arquivo T

You might like:

Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie aparecem no primeiro teaser de ‘O Escândalo’ Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie aparecem no primeiro teaser de ‘O Escândalo’
“Alien, o Oitavo Passageiro” completa 40 anos e está disponível no NOW “Alien, o Oitavo Passageiro” completa 40 anos e está disponível no NOW
Cinépolis anuncia combo de “IT – Capítulo 2” Cinépolis anuncia combo de “IT – Capítulo 2”
Direto da Toca: Conhecemos a sala “Experimentos Mortais” do Escape 60 Direto da Toca: Conhecemos a sala “Experimentos Mortais” do Escape 60
© 2019 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.