Crítica: “A Cinco Passos de Você”

Já se tornou um marco as grandes produções deste gênero seguirem a mesma linha de roteiro quando se trata de um drama de adolescente que têm doenças crônicas.

Baseado no livro homônimo de Rachael Lippincott (autora), Mikki Daughtry e Tobias Iaconis (contribuintes), “A Cinco Passos de Você” (Five Feet Apart) pode lembrar, à primeira vista, de outro grande sucesso literário que também ganhou as telonas, “A Culpa das Estrelas”, mas dessa vez, com o problema girando em torno da fibrose cística.

A trama é carregada de urgência, a trilha sonora é banhada a músicas indies, que traz uma leveza e também um alento, afinal a possibilidade de morte é alta entre os personagens. São as atuais versões de Romeu e Julieta: jovens que não podem ficar juntos, mas que vão fazer de tudo para que o amor seja a motivação da vida deles. E de forma alguma isso dá um tom genérico à produção.

A produção dirigida por Justin Baldoniconta a história da Stella (Haley Lu Richardson) e Will (Cole Sprouse) que são condenados a uma vida de internação por conta de suas doenças. Eles não podem estar a menos que seis passos de distância um do outro, porque as bactérias entre eles podem ser fatais.

Mas como impedir que os jovens apaixonados, cheio de hormônios, sigam as regras? Isso além do fato da nítida ausência dos pais, que não são presentes (o que acaba sendo estranho, pois imagina-se que a presença constante de familiares próximos em casos de doenças graves fosse algo natural) que reforça a solidão e o abandono em tela.

O longa começa de uma forma inteligente e que beira o realismo, apesar do arco dramático já ser visível. No entanto, próximo ao final da trama, o roteiro esquece completamente o realismo e a lógica e entrega um drama que não condiz por completo com o que foi apresentado antes e, embora ainda seja capaz de provocar lágrimas, pode acabar parecendo um tanto quanto forçado para parte do público.

Apesar de tudo, o filme é lindo, com uma estória tocante – afinal, os protagonistas nos lembram que a vida está aí para ser vivida, não só para sobrevivermos – e conta com atuações maravilhosas. Haley Lu Richardson está incrível e consegue caminhar bem entre as personalidades de Stella, que pode ser uma garota divertida, mas ao mesmo tempo séria, ora mais atrevida e ora mais tímida. Colen Sprouse também faz um ótimo trabalho, apesar de eu achar que esse não tenha sido seu melhor personagem.

“A Cinco Passos de Você” contém ótimos diálogos e boas metáforas relacionadas ao amor e a morte, e apesar da trama não trazer novidades, é uma excelente escolha para quem gosta de histórias sobre amores impossíveis.

por Amanda Mendes – especial para A Toupeira

Filed in: Cinema

You might like:

Páscoa no Escape Hotel: Jogo de fuga e caça aos ovos de chocolate em SP Páscoa no Escape Hotel: Jogo de fuga e caça aos ovos de chocolate em SP
É o Fim: “Vingadores Ultimato” tem novo vídeo revelado É o Fim: “Vingadores Ultimato” tem novo vídeo revelado
Especial “Filme + Chocolate” oferece descontos para clientes NET e Claro Especial “Filme + Chocolate” oferece descontos para clientes NET e Claro
Direto da Toca: Entrevistamos Mónica Lairana, diretora de “La Cama” Direto da Toca: Entrevistamos Mónica Lairana, diretora de “La Cama”
© 2019 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.