Crítica: “As Loucuras de Rose”

Um drama em todas as suas possibilidades. Essa é a proposta de Tom Harper em “As Loucuras de Rose” (Wild Rose). Logo na primeira cena nos deparamos com uma mulher deixando a cadeia em liberdade condicional, isso é o mínimo que Rose-Lynn Harlan (Jessie Buckley) terá que enfrentar ao voltar à “liberdade” propriamente dita.

A jovem sonha em ser uma estrela da música country, contudo ela é de Glasgow, na Escócia, e acredita que a única maneira de atingir seu sonho é ir para Nashville, no Tennessee (EUA). Há uma série de inconvenientes que a impedem de buscar seus objetivos, como: uma tornozeleira eletrônica que controla todos seus passos e horários, ser mãe solteira de duas crianças que não confiam o suficiente nela e seu emprego atual como diarista que impossibilita o financiamento de uma viagem para outro continente.

Dentro de história principal que é a busca de Rose para se tornar uma estrela, vemos também um esforço silencioso da protagonista em melhorar a convivência com os filhos, que passaram todo o período em que ela esteve presa com a avó e acabaram estreitando a relação maternal com ela. A força deste relacionamento mostra também a fragilidade da história que ela construiu com a própria mãe.

Outro detalhe significativo é que no meio de toda essa confusão Rose encontra uma amiga, Susannah (Sophie Okonedo), que realmente confia em seu potencial artístico e está disposta a impulsionar sua carreira. Entretanto, erroneamente Rose não inicia um contato sincero com ela e esconde detalhes importantes da vida como os filhos e o fato de que já esteve presa.

Durante o longa acompanhamos a evolução da personagem e o desenvolvimento favorável do roteiro. A atuação de Jessie Buckley é muito convincente e entrega o que a personagem exige – inclusive, como ela é cantora, a parte musical também foi muito bem entregue e desenvolvida.

Um drama musical que faz você de alguma forma torcer para que Rose encontre seu lugar ao sol, por sua redenção e amadurecimento. Divertido e encantador. Vale conferir.

por Carla Mendes – especial para A Toupeira

Filed in: Cinema

You might like:

Confira teaser e primeiras imagens de “Wandinha”, nova série de Tim Burton na Netflix Confira teaser e primeiras imagens de “Wandinha”, nova série de Tim Burton na Netflix
Cinemark exibe “DC Liga dos Super Pets” em sessão do Projeto Ingresso Azul Cinemark exibe “DC Liga dos Super Pets” em sessão do Projeto Ingresso Azul
“Sorria” ganha pôster nacional e novas imagens de divulgação “Sorria” ganha pôster nacional e novas imagens de divulgação
Sucesso nos cinemas, “Elvis” ganha data de lançamento em Blu-Ray Sucesso nos cinemas, “Elvis” ganha data de lançamento em Blu-Ray
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.