Crítica: “Chico Bento Moço – número 1″

270813 Chico Bento Moço Critica“Ara, sô! Cabei di ler a primeira revista do “Chico Bento Moço” i chorei um caminhão!”.

É assim que me sinto, após a magnífica leitura proporcionada pelo lançamento da Editora Panini, que chegou hoje às Bancas de todo Brasil.

“Chico Bento Moço” nos mostra o caipirinha mais simpático dos quadrinhos, agora com 18 anos, cheio de sonhos e expectativas, ao prestar vestibular para a faculdade de Agronomia, numa cidade com o sugestivo nome de “Nova Esperança”.

É gratificante comprovar que, mesmo passando pela adolescência, época tão cheia de altos e baixos, Chico mantém seu espírito leve e jovial. As amizades cultivadas na infância permanecem fortes e seu primeiro amor, a sempre linda Rosinha, só confirma o que a maioria dos leitores já sabiam: eles foram feitos um para o outro.

Os principais personagens que compõem a trama passada na roça continuam presentes nessa nova fase. Do divertido Zé Lelé à adorável Vó Dita, os conhecidos moradores da Vila Abobrinha aparecem para mostrar a importância de se ter verdadeiros laços familiares e de amizade.

Assim como nas publicações da Turma da Mônica Jovem, a revista chega com a capa colorida e o interior preto e branco. O traço no estilo mangá também surge como marca registrada.

Uma frase resume tudo: “Nhô Mauricio acertô di novo!”.

Corra para a Banca de Jornal mais próxima!

Ficha Técnica:

Revista Chico Bento Moço 1 - Um novo começo 
Miolo PB / capa colorida
96 páginas / 16,0 x 21,3 cm
Mensal R$ 7,50
Distribuição Nacional
Lançamento: 27/08/2013

por Angela Debellis

Filed in: Quadrinhos Tags: , , , ,
2008 © 2014 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.