Crítica: “Fora do Rumo”

fora-do-rumo-poster-criticaSob a direção de Renny Harlin, o filme “Fora de Rumo” (Skiptrace) traz Bennie Black (Jackie Chan de “Kung Fu Panda”) embarcando numa viagem com Connor Watts (Johnny Knoxville de “As Tartarugas Ninja”) para salvar sua sobrinha das mãos de assassinos.

Ainda no elenco encontramos Eric Tsang como Tang, Eve Torres interpretando Dasha e Zhang Lanxin no papel de Ting Ting, o que mostra que uma interessante concentração entre atores americanos e chineses e dá realismo à trama que se passa quase que inteiramente em Hong Kong.

A película marca a volta de Jackie Chan aos filmes que misturam comédia com cenas intensas de ação e muitas lutas, e segue a mesma linha de trabalhos do ator dos anos 1980 e 1990.

Embora seja um profissional muito bom em cenas engraçadas no cinema, não é ele quem domina a parte cômica. O personagem de Johnny Knoxville protagoniza a maioria das cenas engraçadas. Chan domina principalmente as cenas de luta e surpreende quando se arrisca a cantar “Rolling In The Deep” sucesso da cantora Adele.

No decorrer da trama, a história vai tomando rumos inesperados, aliados iniciais passam para o lado do inimigo, e personagens pouco citados aparecendo e tomando conta da tela.

O filme tem boas tiradas e cenas que devem garantir as risadas dos espectadores. A história envolvente e cheia de reviravoltas tem um final que chega a ser em partes até surpreendente.

por Yuri Fagundes – especial para A Toupeira

Filed in: Cinema

You might like:

Crítica: “O Homem do Norte” Crítica: “O Homem do Norte”
Crítica: “O Peso do Talento” Crítica: “O Peso do Talento”
Crítica: “Meu Amigãozão – O Filme” Crítica: “Meu Amigãozão – O Filme”
Assista ao vídeo com depoimentos do elenco de “Jurassic World: Domínio” Assista ao vídeo com depoimentos do elenco de “Jurassic World: Domínio”
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.