Crítica: “O Diário de um Maquinista”

Com a estranha, mas realista, premissa de que todo maquinista de trem mata de vinte a trinta pessoas acidentalmente durante a sua carreira, o filme tem como tema principal a morte, mas para que possamos nos debruçar sobre questões da vida e sobre aquilo que não podemos controlar.

Assim começa a comédia trágica sérvia “O Diário de um Maquinista” (Dnevnik masinovodje / Train Driver’s Diary), dirigido e roteirizado por Milos Radovic.

Na história acompanhamos Ilija (Lazar Ristoviski), um homem já de idade que, assim como seu pai e avô, tornou-se maquinista e carrega, tal qual seus antepassados, um histórico de atropelamentos na carreira.

Ilija um dia salva a vida do garoto Sima (Petar Korac), um órfão com pretensões suicidas, a quem passa a criar como filho. Ao mesmo tempo em que o longa mostra como o protagonista lida com a série de mortes em sua carreira – além de um trauma pessoal – ilustra também a vontade de Sima (já crescido), de se tornar um maquinista como o pai. Enquanto Ilija teme que o rapaz sofra os mesmo traumas que ele, o jovem teima em seguir a mesma profissão daquele que mais admira.

Ao contrário de ser macabro, o filme tem, apesar de seu tema e humor fúnebre, um otimismo e leveza que talvez não sejam facilmente encontrados em produções de Hollywood. A narrativa é agridoce, daquelas com um humor que não só faz rir, mas também emociona e nos faz refletir sobre a nossa vida e sobre aqueles que cruzam os nossos caminhos.

Com uma direção primorosa e uma bela fotografia, “O Diário de um Maquinista” tem um roteiro que consegue lidar de forma equilibrada com o tema difícil que é a morte, e ainda assim fazer humor. Conta com atuações sutis, adequadas para as situações incomuns que aborda, com destaque para Lazar Ristovski no papel do protagonista Ilija, capaz de imprimir um misto de calma e solidão ao personagem.

Ao falar sobre embate de gerações, memória, traumas e luto, o filme também fala sobre a vida e família de uma forma interessante, e torna-se obra muito bonita, capaz de nos fazer rir mesmo diante de temas tão difíceis.

por Isabella Mendes – especial para A Toupeira

*Título assistido via streaming, a convite da A2 Filmes. Disponível no Now, Looke, Vivo Play, Apple TV, Microsoft e Google Play.

Filed in: BD, DVD, Digital

You might like:

Paramount+ anuncia a chegada do universo Star Trek Paramount+ anuncia a chegada do universo Star Trek
Terceira Temporada de “My Brilliant Friend: Those who leave and those who stay” ganha teaser Terceira Temporada de “My Brilliant Friend: Those who leave and those who stay” ganha teaser
Cartoon Network marca presença no Rio2C com o Pitch Me Cartoonito Cartoon Network marca presença no Rio2C com o Pitch Me Cartoonito
Warner Channel exibe novos episódios da sétima temporada de “Legends of Tomorrow” Warner Channel exibe novos episódios da sétima temporada de “Legends of Tomorrow”
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.