Crítica: “Sem Suspeitas”

O inspetor da polícia Florin Iespas (Bogdan Farcas) está decidido a investigar um caso que foi atribuído a outro colega. Como o andamento parece não levar a nenhum esclarecimento, solicita a seu chefe (Vasile Muraru) poder intervir. Embora tenha seu pedido rejeitado, ele teima em pegar a pesquisa e até faz cópias em forma irregular, dos documentos do caso.

A sequência inicial de “Sem Suspeitas” (Unidentified) tem um ritmo devagar que dá lugar à outra, tensa. À medida que se sucedem as cenas, o filme todo evidencia essas características. Porém, o que vai prevalecer no balanço final é a condição de uma realização bem elaborada, com a precisão de uma partida de xadrez.

Para chegar a essa definição, o espectador deverá ter paciência. Há muitos elementos estranhos, com um protagonista que vai traçando linhas que parecem incoerentes. As perguntas se sucedem: O que virá a acontecer? Com qual finalidade o investigador está realizando tal ou qual ação? Quem são os integrantes de um casal espionado por ele? Acontecerá algo com a jovem do posto de gasolina? E, em especial, com o suspeito do delito principal?

O diretor vai relatando com uso de música clássica de fundo (com temas de Chopin), e diversos sons, como barulho de pombos e corvos; também trovões etc. Não faltam alguns gatos – provavelmente deslocando-se de esquerda à direita, como sinal típico de alguma desgraça próxima que está por vir.

Também há muitas tomadas panorâmicas e outras, aéreas, que acompanham os deslocamentos do carro de Iespas nos percursos por caminhos que unem localidades da Romênia. Nesse sentido, bom trabalho do diretor de fotografia, o experiente Oleg Mutu.

O suspense cresce, mas, como dito, de modo esquisito. Só na última cena, tudo passa a fazer sentido. Até aí os atores resultam sóbrios, e podem parecer, inclusive, toscos, antipáticos. Em particular, o inspetor policial. Falando de experientes, Vasile Murard neste, sua 27ª. atuação, oferece um bom trabalho. Especialmente no final do filme, quando, como um Comissário muito inteligente, dá uma virada decisiva.

O romeno Bogdan George Apetri, diretor, co-roteirista, editor e produtor, soube conduzir “Sem Suspeitas”, seu terceiro longa-metragem (disponível no Cinema Virtual), com exatidão, sem estridências e com a certeza própria de quem sabe o que faz.

por Tomás Allen – especial para A Toupeira

*Título assistido via streaming, a convite da Elite Filmes.

Filed in: BD, DVD, Digital

You might like:

SP Market garante momentos de diversão para toda a família durante as férias SP Market garante momentos de diversão para toda a família durante as férias
Prime Video anuncia estreia de “The Boys Presents: Diabolical” Prime Video anuncia estreia de “The Boys Presents: Diabolical”
Central Plaza Shopping anuncia “Dia de Cosplay” no Parque DC Central Plaza Shopping anuncia “Dia de Cosplay” no Parque DC
Disney+: “Cavaleiro da Lua” ganha trailer e pôster Disney+: “Cavaleiro da Lua” ganha trailer e pôster
© 3795 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.