Crítica: “Snu – A História de Amor que mudou Portugal”

Baseado em acontecimentos reais, o longa “Snu – A História de Amor que mudou Portugal” (Snu) dirigido por Patrícia Sequeira, retrata o relacionamento amoroso da editora Snu Abecassis (Inês Castel -Branco) e do primeiro-ministro português Francisco Sá Carneiro (Pedro Almendra).

O casal vive uma difícil realidade, com problemas em seus respectivos casamentos. Ao se apaixonarem, eles decidem que farão todo o possível para ficarem juntos, e o destino os torna companheiros para toda a vida.

O filme não apenas nos conta uma história de amor, como também ressalta a coragem e a ousadia, capazes de escandalizar uma sociedade conservadora. A trama ocorre em meados da década de 1970, em Lisboa, Portugal, época em que o país passava por transformações políticas, quando muitos viviam apenas de aparências, para que seus status sociais não fossem abalados.

Snu era dinamarquesa, fundadora da editora Dom Quixote; uma mulher culta, generosa e com um espírito visionário, tinha dentro de si o desejo de humanizar e modernizar Portugal. Correu riscos ao propor mudanças que acreditava e desafiou a típica sociedade tradicionalista ao assumir seu relacionamento com Francisco, quando ele ainda era casado.

Ao final da década de 1970, Portugal estava se reconstruindo de um regime fascista. Sá Carneiro era adorado por grande parte da população, pois, acreditava e defendia a ideologia social-democrata, e sempre propunha ações voltadas ao populismo durante o período revolucionário no país.

Snu e Francisco superaram obstáculos e protagonizaram um dos romances mais arrebatadores da época. Infelizmente, o casal faleceu de maneira trágica em um acidente de avião, também conhecido como a Tragédia de Camarate, em 1980.

A história é contada de forma muito delicada, e com ênfase em características como a integridade e a pureza de uma paixão avassaladora. Entretanto, o título que está disponível no Cinema Virtual, não é apenas mais um romance: em cada detalhe é possível observar com sutileza, críticas ao conservadorismo, ideais partidários e ao sexismo.

por Victória Profirio – especial para A Toupeira

*Título assistido via streaming, a convite da Elite Filmes.

Filed in: BD, DVD, Digital

You might like:

“My Little Ponny: Nova Geração”: Elenco da animação celebra o Dia Internacional da Amizade “My Little Ponny: Nova Geração”: Elenco da animação celebra o Dia Internacional da Amizade
Assista ao trailer oficial de “Casa Gucci” Assista ao trailer oficial de “Casa Gucci”
“Casa Gucci”: Confira os pôsteres individuais do filme “Casa Gucci”: Confira os pôsteres individuais do filme
“Hawkeye” ganha primeira imagem oficial “Hawkeye” ganha primeira imagem oficial
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.