Crítica: “Um Amor Proibido – Escute o Som do Coração”

Alguns sentimentos são tão arrebatadores, aqueles que nos deixam sem chão; outros chegam aos poucos, mas encantam de tal modo que deixam marcas permanentes. Em “Um Amor Proibido – Escute o Som do Coração” (Une barque sur l’océan), acompanhamos o despertar do amor entre dois jovens de mundos completamente diferentes.

Eka (Hari Santika) é um garoto de Bali que dedica seu tempo e sua vida a trabalhos considerados mais simples, como a pesca e a jardinagem, e mora em uma casa humilde que divide com a família da irmã.

Margaux (Dorcas Coppin) é francesa e vive de maneira luxuosa e dá aulas de piano, mais como passatempo do que como profissão. Extremamente bela, a jovem chama a atenção de Eka.

Inicialmente, o que para a garota é apenas uma distração para tirá-la do tédio que sentia em Bali, para o garoto se torna uma obsessão: ele quer estar próximo de Margaux, de alguma forma entrar em seu mundo. Nesse momento ele se encanta pela música.

Chegamos a ponto em que Eka se apaixona também pela música e vê nesse talento uma forma de diminuir  o abismo social entre ele e Margaux.

O longa dirigido por Arnold de Parscau tem premissas muito interessantes, contudo não se aprofunda em nenhuma delas. É bonita a aproximação entre os protagonistas, é sutil e delicada, entretanto o afastamento não vem com a carga emocional exigida.

Eka é o herói batalhador, dedicado e bonito, que é desacreditado por todos – e como já é de se esperar, tem seus sonhos realizados no desenrolar da trama. E aí que, a meu ver, a história desanda.

Primeiramente, porque Eka consegue se consagrar em um período curto de tempo, passa de um desconhecido para um músico muito conceituado. É convidado para tocar na casa dos que o humilharam anteriormente, e aceita, afinal ele é o mocinho resiliente.

Não bastando o crescimento exacerbado, a fama trouxe apenas malefícios à vida do garoto: o afastamento da família e amigos e a constante sensação de vazio, algo como o famoso ditado que prega que “Dinheiro não traz felicidade”. Como agravante, a atuação de Santika não cresce junto com o personagem.

A fotografia de “Um Amor Proibido – Escute o Som do Coração” merece ser enaltecida, assim como todos os detalhes visuais , os enquadramentos, tudo excelente. Cenas que trazem a essência dos personagens, a delicadeza, e por vezes a solidão de Margaux, a realidade dura – porém encantadora – da vida em Bali.

Vários aspectos culturais também foram acentuados e trouxeram maior realismo à trama. O drama romântico é a estreia dessa semana no Cinema Virtual. Confira.

por Carla Mendes – especial para A Toupeira

*Título assistido via streaming a convite da Elite Filmes.

Filed in: BD, DVD, Digital

You might like:

Panini e Mauricio de Sousa Produções divulgam primeiras páginas da Terceira Série de Turma da Mônica Jovem Panini e Mauricio de Sousa Produções divulgam primeiras páginas da Terceira Série de Turma da Mônica Jovem
Saiba mais sobre o curta “22 Contra a Terra” do Disney Plus Saiba mais sobre o curta “22 Contra a Terra” do Disney Plus
“Jurassic World: Acampamento Jurássico”: Confira trailer e novo pôster “Jurassic World: Acampamento Jurássico”: Confira trailer e novo pôster
Dia da Terra: Nat Geo e Nat Geo Wild exibe conteúdos especiais Dia da Terra: Nat Geo e Nat Geo Wild exibe conteúdos especiais
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.