Crítica: “Up – Altas Aventuras”

Assistir à “Up – Altas Aventuras” (Up) é uma experiência única e especial. A produção consegue ser competente em todas as áreas e além de um visual belíssimo (seja em 2 ou 3D), o roteiro é de uma sensibilidade ímpar. Posso afirmar que, ao término da exibição, a grande maioria dos espectadores deve sair da sala com os olhos vermelhos e o coração partido – sinal de que a comovente narrativa teve êxito em conquistar  a plateia.

Simplesmente porque é impossível não se envolver com a beleza da estória de Carl Fredricksen (voz de Edward Asner no original e Chico Anysio na versão dublada), que aos 78 anos não faz idéia do quanto ainda tem a acrescentar a sua vida e à do pequeno Russel (voz de Jordan Nagai / Eduardo Drummond), que no auge de seus 8 anos, tem tanto a ensinar ao amargurado senhor.

Um amor que começa de maneira inesperada na infância e que dura até o momento fatídico em que “a morte os separa”. Uma promessa “de coração” não cumprida por culpa dos acasos da vida e a dura realidade de um tempo em que arranha – céus são valorizados e lembranças desprezadas. A oportunidade de recomeçar, olhar para fora de seu mundo particular e descobrir que ainda há beleza nas coisas mais simples (e por isso mesmo, mais importantes) da vida.

A saga do Sr. Fredricksen dirigida e roteirizada por Pete Docter e Bob Peterson é muito maior do que a inusitada viagem à América do Sul em sua casa sustentada por milhares de balões. É uma das passagens mais bonitas e marcantes que já vi nas telonas.

E como a Pixar (felizmente) se supera a cada nova obra, mais um curta – metragem espetacular antecede a animação. “Parcialmente Nublado” desvenda todos os mistérios dos nascimentos dos bebês. Como muitos já suspeitavam, são mesmo as cegonhas que os trazem. O que ninguém sabia, é que os pequenos são moldados por simpáticas nuvens!

Voe para os cinemas!

por Angela Debellis

Filed in: Cinema

You might like:

Editora Luz da Serra lança “Minuto da Gratidão” Editora Luz da Serra lança “Minuto da Gratidão”
Estrelada por Renée Zellweger, cinebiografia de Judy Garland ganha primeiro trailer Estrelada por Renée Zellweger, cinebiografia de Judy Garland ganha primeiro trailer
Crítica: “A Grande Mentira” Crítica: “A Grande Mentira”
Crítica: “O Reino Gelado: A Terra dos Espelhos” Crítica: “O Reino Gelado: A Terra dos Espelhos”
© 2019 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.