Direto da Toca: Assistimos ao espetáculo “Balão Mágico Sinfônico”

Crédito: Clóvis Furlanetto

Uma das inúmeras vantagens de ter sido criança nos anos de 1980 é que cresci ouvindo muita música de qualidade – inclusive, no que diz respeito a canções infantis, gênero que teve entre seus nomes mais populares, A Turma do Balão Mágico.

Com clássicos eternos como “A Galinha Magricela” e “Tem Gato na Tuba”, nem mesmo o tempo foi capaz de apagar as letras e melodias da memória daqueles que passavam horas ouvindo os LPs do grupo, enquanto sonhavam em conhecer os astros mirins.

Em uma inspirada decisão, a Orquestra Petrobrás Sinfônica trouxe a público o espetáculo “Balão Mágico Sinfônico”, que conta com a regência do Maestro Felipe Prazeres e as vozes da soprano Juliana Franco e do barítono Marcelo Coutinho.

A apresentação ocorreu na manhã de hoje, 1º de fevereiro, no Teatro Opus, que fica dentro do Shopping Villa-Lobos na capital paulista, mas o calendário ainda conta com três outras datas pelo Brasil: 02/02 às 17h – Teatro Municipal Brás Cubas – Santos / SP (ingressos à venda no site da Ingresso Rápido) 06/02 às 20h – Teatro Sesc Glória – Vitória / ES (ingressos à venda na bilheteria do teatro).

No repertório executado em pouco mais de uma hora, onze canções que marcaram época e encantaram o público presente – muitos adultos acompanhados por crianças, a nova geração que ainda está aprendendo a ouvir A Turma do Balão Mágico; outros, contando com a mágica companhia de sua criança interior, aquela que sentiu imensa alegria em ouvir, ao vivo, músicas que trazem tantas recordações.

O mais incrível foi a recepção natural que a plateia teve, quando convidada a ficar em pé para dançar ao som dos números musicais apresentados no Bis: “Superfantástico” (talvez a faixa mais famosa do grupo) e “Lindo Balão Azul” (impecável composição de Guilherme Arantes, escolhida para ser cantada novamente pelos presentes, que não perderam a chance de ver a Via Láctea, brincar de esconde-esconde numa Nebulosa e voltar para casa em um lindo Balão Azul).

Também vale destacar a empolgação de todos no palco. Foi lindo notar que estavam se deixando levar pelo clima descontraído e cheio de magia proporcionado pelas letras tão simples e, ao mesmo tempo, tão cheias de significado – como no caso de “Ursinho Pimpão”, que levou várias pessoas às lágrimas.

Ao término do espetáculo, maestro e cantores ainda participaram de uma sessão de fotos com o público que teve a chance de agradecer pela oportunidade de vivenciar uma experiência que fez tão bem aos corações.

Com a riqueza musical que os anos de 1980 carregam em sua história, o que não faltam são opções e eu já espero pelo anúncio de alguma futura apresentação inédita, para relembrar uma das épocas mais bacanas que esse mundo já viveu.

por Angela Debellis

Filed in: Direto da Toca, Saia da Toca, Teatro

You might like:

Amazon Prime Video divulga trailer oficial da série Original Amazon “Truth Seekers” Amazon Prime Video divulga trailer oficial da série Original Amazon “Truth Seekers”
Assista ao trailer oficial de “Como Cães e Gatos 3: Peludos Unidos!” Assista ao trailer oficial de “Como Cães e Gatos 3: Peludos Unidos!”
“O Auto da Compadecida” está de volta à tela grande em comemoração aos 20 anos do seu lançamento “O Auto da Compadecida” está de volta à tela grande em comemoração aos 20 anos do seu lançamento
Amazon Prime Video divulga cartaz oficial da série Original Amazon “Truth Seekers” Amazon Prime Video divulga cartaz oficial da série Original Amazon “Truth Seekers”
© 2020 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.