Direto da Toca: Exclusivo – Verônica Ferriani fala sobre a carreira

Crédito: Divulgação

Conversamos com a cantora Verônica Ferriani, que nos contou um pouco sobre as motivações de sua bem-sucedida carreira na música. Confira abaixo:

A Toupeira: O que motivou sua mudança de Arquiteta para Cantora? E qual apoio recebeu?

Verônica: Desde criança gosto muito de música. Venho de uma família musical, daquelas que adoram se reunir pra tocar violão e cantar durante horas, embora ninguém seja profissional da área. Todos levam a música como hobby e achei que comigo fosse ser assim também, pois gostava muito de arquitetura também.

No final da faculdade, resolvi voltar a estudar música meio por acaso, numa escola chamada Groove, próxima a minha casa, e aonde uma amiga cantora começara a estudar. Por sorte, vi que estava num lugar muito especial, recebendo todo o apoio do meu mestre musical, Levy Miranda. Lá senti o ímpeto de cantar ficar mais forte e já não havia espaço para a arquitetura.

Acabei a faculdade porque estava no último ano, mas já sabendo que queria cantar, ansiosa pra subir no palco pela primeira vez. Isso aconteceu a convite do compositor e violonista Chico Saraiva, que acabara de ganhar o Prêmio Visa, no final de 2003. Desde então tenho recebido apoio da minha família e de muita gente da área através de convites para diversos projetos, shows e temporadas.

AT: Em suas apresentações há muita energia do público, conte-nos um acontecimento marcante.

Verônica: Talvez a maior energia que já senti no palco tenha sido num show com Beth Carvalho, no Dia Nacional do Samba, nos arcos da Lapa (Rio de Janeiro) em 2007. Havia cerca de 30 mil pessoas assistindo e cantando junto, foi uma energia incrível!

AT: Qual a emoção de lançar seu primeiro Cd após 5 anos de estrada?

Verônica: Acho que veio na melhor hora possível. Sinto que fui construindo uma história real ao longo desse tempo, colocando cada tijolinho, cantando e aprendendo com muitos músicos e públicos diferentes. Com isso consegui entender melhor minhas vontades e meu papel como artista e como pessoa. Fiz o disco que sonhava fazer.

AT: O que representou o prêmio Projeto Pixinguinha 2009 para sua carreira?

Verônica:  Este foi o primeiro prêmio de grande porte que recebi, estou numa felicidade tremenda. Além do prêmio em si, o projeto está me possibilitando entrar em estúdio novamente em seguida ao meu disco solo ao lado do compositor que me trouxe para o meio profissional, Chico Saraiva. Estamos gravando 13 músicas inéditas lindas dele com o letrista carioca Mauro Aguiar, e o disco sai em junho.

AT: Deixe uma mensagem aos nossos leitores.

Verônica: Deixe sempre a música ser parte da sua vida. Cante, dance, faz bem à alma! Música é tudo de bom!

por Clóvis Furlanetto – especial para A Toupeira

Filed in: De tudo um pouco, Direto da Toca

You might like:

“Loki”: Saiba fatos sobre a nova série da Marvel Studios “Loki”: Saiba fatos sobre a nova série da Marvel Studios
Disney+: Saiba tudo sobre “Luca”, a nova animação da Pixar Disney+: Saiba tudo sobre “Luca”, a nova animação da Pixar
Escape Time Brasil e LendaTV apresentam “O Museu”, uma exposição de terror inédita no Brasil Escape Time Brasil e LendaTV apresentam “O Museu”, uma exposição de terror inédita no Brasil
Starzplay anuncia elenco de “Dangerous Liaisons”,  inspirada no clássico “Ligações Perigosas” Starzplay anuncia elenco de “Dangerous Liaisons”, inspirada no clássico “Ligações Perigosas”
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.