Direto da Toca: Fomos à Coletiva de Imprensa de “Morto não fala”

É incontestável que fazer cinema de gênero em nosso país sempre foi um desafio. Hoje (1º) participamos da exibição para imprensa de “Morto não fala” um longa-metragem de terror, com roteiro e direção de Dennison Ramalho e posteriormente de um bate-papo em que estavam presentes além do diretor, os atores Bianca Comparato e Daniel de Oliveira.

A produção, que foi inspirada em um conto de terror do jornalista Marcos de Castro, narra a história de Stênio que trabalha à noite no necrotério e consegue se comunicar com os mortos. Dennison (Daniel de Oliveira) conta que já é um velho conhecido dos trabalhos de Marcos de Castro: “É a segunda adaptação que eu faço dos contos de terror dele, a primeira foi um curta chamado “Ninjas” que fala sobre a Polícia Militar de São Paulo”.

Outro ponto importante que foi citado pelo diretor é que a princípio a obra havia sido considerada em outro formato: “O projeto foi pensado para uma série e seriam onze episódios, porém houve dúvidas de como um produto tão dark seria aceito pelo público da tv aberta”.

Dennison Ramalho é profundo conhecedor do gênero: já produziu cinco curtas, participou de “ABC da Morte 2” (The ABCs of Death 2), filme em que são retratadas diversas maneiras de morrer, uma para cada letra do alfabeto. Também participou da roteirização de “Encarnação do Demônio”, longa que marcou o retorno de “Zé do Caixão” (personagem criado e interpretado pelo cineasta José Mojica Marins). “Estava demorando acontecer, meu longa”, disse o diretor – o que é impensável visto o quão inserido no meio ele é.

Os mortos do longa falam – e muito. Foram pensadas diversas maneiras de dar voz a estes corpos: apenas vozes na cabeça de Stênio, atores “dando vida” aos últimos momentos dos corpos já no necrotério e finalmente optaram por animar os rostos. “Queria ver efeitos, animar os rostos para mostrar o resto dos corpos na paralisia total da morte, sem piscar, sem respirar”, contou Dennison.

Um filme forte, com muito sangue e alguns sustos, que não perde em nada para produções internacionais. Um elenco (inclusive o infantil) preparadíssimo, algumas opiniões sociais embutidas no roteiro. “Morto não fala” já está percorrendo o mundo em festivais de cinema e a estreia nacional será no próximo dia 10 de outubro, data em que você confere nossa Crítica Completa.

Crédito das fotos: Victória Profirio.

por Carla Mendes – especial para A Toupeira

Filed in: Cinema

You might like:

“My Little Ponny: Nova Geração”: Elenco da animação celebra o Dia Internacional da Amizade “My Little Ponny: Nova Geração”: Elenco da animação celebra o Dia Internacional da Amizade
Assista ao trailer oficial de “Casa Gucci” Assista ao trailer oficial de “Casa Gucci”
“Casa Gucci”: Confira os pôsteres individuais do filme “Casa Gucci”: Confira os pôsteres individuais do filme
“Hawkeye” ganha primeira imagem oficial “Hawkeye” ganha primeira imagem oficial
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.