Direto da Toca: Fomos à Coletiva de Imprensa de “Wasp Network”

Dirigido pelo aclamado Olivier Assayas e rodado em Cuba, o longa “Wasp Network” será exibido hoje (16), em uma sessão para convidados no Auditório do Ibirapuera e marca a abertura da 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Pela manhã o filme foi apresentado à imprensa e participamos da coletiva que contou com a presença do produtor Rodrigo Teixeira, dos atores Edgar Ramírez e Leonardo Sbaraglia, e de Assayas.

A produção cinematográfica é inspirada no livro “Os Últimos Soldados da Guerra Fria”, do jornalista e escritor brasileiro Fernando Morais. A narrativa traz a história de um grupo de espiões cubanos que foram aos Estados Unidos para se infiltrar em um esquema contrário ao governo de Fidel Castro durante os anos 1990. O filme conta com um grande elenco, com nomes como Wagner Moura, Penélope Cruz, Ana de Armas e Gael Garcia Bernal.

“Fiquei comovido e impressionado quando li a obra de Fernando Morais. Dediquei-me à parte humana e emocional destas pessoas que saíram de Cuba e foram para Miami”, contou o diretor sobre a reconstrução das histórias, referindo-se às características dos personagens, pois “Wasp Network” é um filme de espião diferente, sem todo o glamour do “Agente 007” ou de “Missão Impossível”.

Após o Festival de Veneza – onde foi exibido pela primeira vez – o longa passou por alguns ajustes, edições foram feitas para que o público compreendesse a dinâmica política que envolvia Cuba e os EUA no período retratado, com isso “ganhou” mais três minutos.

Um detalhe importante que foi citado por Rodrigo é que Assayas optou por trabalhar com atores latinos para os personagens, sendo fiel às origens históricas. “Todas as agências de talento americanas ofereceram atores americanos para os papéis e Olivier recusou para preservar características desse livro”, afirmou.

Em determinado momento do longa é reproduzida uma entrevista de Fidel Castro, falando sobre os Espiões mandados a Miami, o que pode gerar muitas interpretações. Quanto a isso Assayas deixou claro: “É uma reconstrução da narrativa histórica contada da perspectiva humana de seus personagens, fiz a pesquisa e o espectador que tome sua posição, não quis agradar Cuba ou os exilados”.

O filme ainda não tem data de estreia definida nos cinemas nacionais, contudo a 43º Mostra de São Paulo irá trazer esse e outros trabalhos de Olivier Assayas, que é o homenageado desta edição.

Confira em breve a nossa Crítica Completa.

Crédito das fotos: Carla Mendes.

por Carla Mendes – especial para A Toupeira

Filed in: Cinema, Direto da Toca

You might like:

Evento on line gratuito ensina a realizar edição em fotografias Evento on line gratuito ensina a realizar edição em fotografias
“Hotel Transilvânia: Transformonstrão” ganha teaser e data de estreia do trailer oficial “Hotel Transilvânia: Transformonstrão” ganha teaser e data de estreia do trailer oficial
McLanche Feliz traz pelúcias da TY Glow in the Dark como novidade McLanche Feliz traz pelúcias da TY Glow in the Dark como novidade
Star+: Novo serviço de streaming chega ao Brasil em 31 de agosto Star+: Novo serviço de streaming chega ao Brasil em 31 de agosto
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.