Direto da Toca: Saiba como foi a Coletiva de Imprensa de “O Vendedor de Sonhos”

dscn0010

Aconteceu na tarde de hoje, 06 de dezembro, a Coletiva de Imprensa de “O Vendedor de Sonhos”, longa nacional que chega aos cinemas em 08 de dezembro – data em que você confere nossa Crítica Completa.

Após a exibição do filme para os jornalistas, foi iniciada a sessão de perguntas da qual participou o diretor Jayme Monjardim, os atores Dan Stulbach e César Troncoso, o produtor LG Tubaldini Jr. e o psiquiatra Augusto Cury, autor da obra na qual o lançamento se baseia.

Tubaldini declarou-se sortudo por ser responsável pela produção do título e pela oportunidade de contar com nomes tão competentes para formar a equipe que deu levou às telonas o que já encontrou um estrondoso sucesso no papel.

Jayme Monjardim revelou que estar à frente da direção desta adaptação cinematográfica foi o maior desfio de sua carreira até o momento e que o trabalho muitas vezes chegou a lhe tirar o sono, por não conseguir simplesmente “abandonar” os personagens no set de filmagem ao final de cada dia de filmagem. Também se mostrou otimista em relação ao futuro de um novo gênero de filmes que parece bastante promissor, o dos “romances inspiracionais”.

Dan Stulbach dá vida a Júlio César, um dos protagonistas da trama. O ator contou que, por mais que saiba que envolver-se com o personagem não é o mais indicado, no caso desta obra isso foi quase impossível. Ao ler o livro homônimo durante as gravações, para ter uma base de como deveria se portar dentro do que foi definido pelo roteiro, descobriu detalhes que, como é usual numa adaptação, não tiveram o mesmo destaque e que fazem toda a diferença.

O “Mestre” é vivido por César Troncoso, que ao contrário de seu papel, é alguém de poucas – mas expressivas frases. O ator uruguaio que esteve em quatro filmes bem distintos em 2016 ficou feliz com o trabalho feito nesta produção e assim como os outros participantes da coletiva fez questão de ressaltar a satisfação em fazer parte de uma equipe tão empenhada, que sabia da importância do trabalho em grupo para um bom resultado.

dscn0005

Augusto Cury mostrou que a intimidade com as palavras não é coisa apenas de suas obras literárias e transformou a coletiva numa agradável conversa, daquelas que temos com bons amigos. Mesmo ostentando o título de autor brasileiro mais vendido da década e tendo seus livros traduzidos e lançados em vários países, mostrou sensatez ao não se ver como “celebridade”. Prendeu a atenção dos presentes com dados assustadores referentes ao índice de suicídios e a constatação de que esta, que inicialmente era vista como “a geração mais alegre” de todos os tempos, na verdade está cada vez mais longe disso.

Arrancou risos ao afirmar que esta é a primeira vez em que divide seu trabalho com mais pessoas – uma vez que nunca teve um co-autor em seus livros – e que sentia-se “grávido” ao lado de cerca de 30 ou 40 “barrigas” que ajudaram a gestar o filme.

Com a mesma facilidade, provocou lágrimas ao fazer uma das declarações mais tocantes que já tive a possibilidade de ouvir em eventos desse tipo: “Uma vida sem sonhos é uma manhã sem orvalho, é um céu sem estrelas, é uma mente sem criatividade”.

Na saída dos jornalistas, entre as muitas lágrimas derramadas, ainda sobrou espaço para um inesperado abraço em um de meus autores favoritos e uma frase que no momento em que me foi dita, marcou minha história para sempre: “Juntos, nós podemos mudar o mundo”.

Que assim seja.

Crédito das fotos: Angela Debellis (clique nas imagens para ampliá-las).

dscn0124 dscn0040

dscn0028 dscn0002

por Angela Debellis

Filed in: Cinema, Direto da Toca

You might like:

Boneca Annabelle assusta paulistanos em ponto de ônibus de São Paulo Boneca Annabelle assusta paulistanos em ponto de ônibus de São Paulo
Warner Bros. Pictures divulga primeiro trailer e pôster nacional de “A Grande Mentira” Warner Bros. Pictures divulga primeiro trailer e pôster nacional de “A Grande Mentira”
Havaianas lança modelos inspirados em “Stranger Things 3” com filme que irá surpreender os fãs da marca e da série Havaianas lança modelos inspirados em “Stranger Things 3” com filme que irá surpreender os fãs da marca e da série
Mauricio de Sousa lança Turma da Mônica com 12 anos de idade Mauricio de Sousa lança Turma da Mônica com 12 anos de idade
© 2019 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.