Direto da Toca: Saiba como foi a Coletiva de Imprensa do terror nacional “O Rastro”

Aconteceu na tarde de hoje, 03 de maio, a cabine e a coletiva de imprensa de “O Rastro”, terror nacional que chega aos cinemas em 18 de maio – data em que você confere nossa Crítica Completa.

Compondo a mesa para o bate-papo com os jornalistas, estavam o diretor J. C. Feyer, a produtora Malu Miranda, os roteiristas Beatriz Manela e André Pereira, além de parte do elenco representado por Rafael Cardoso, Leandra Leal e Alice Wegmann.

O filme demorou oito anos para ser feito e teve seu roteiro inicial completamente modificado, uma vez que a ideia era fazer uma história passada em uma casa assombrada localizada em uma colina. Serviram de inspiração para seu desenvolvimento, grandes títulos do terror como “O Iluminado”, “O Orfanato” “O Sexto Sentido” e “Babadoock”. A ideia era fazer um terror psicológico, no qual o protagonista, ao longo da trama, perde a razão e comete loucuras.

Um dado sobre a bilheteria do gênero chegou a surpreender os profissionais presentes: enquanto produções americanas conquistam uma média de 750 mil pagantes quando em exibição no Brasil, filmes nacionais de terror contam com cerca de 12 mil pagantes. A proposta do lançamento da Imagem Filmes é mostrar que, apesar das dificuldades na captação de recursos, é possível, com um orçamento não tão alto, fazer um produto de qualidade que merece ser visto nos cinemas.

Uma das características marcantes do filme – sua paleta fria de cores – foi criada a partir de um pedido do diretor J. C. Feyer feito ao diretor de fotografia Gustavo Hadba justamente para minimizar gastos: não há uso de nenhum refletor, apenas luzes de cenário, led e celular.

Com a maior parte de suas cenas feitas no mesmo cenário – o desativado Hospital Beneficência Portuguesa, localizado no bairro da Glória, no Rio de Janeiro – e a proposta de se criar um “terror tropical”, no qual o suor visível na tela incomoda tanto quanto o tradicional recurso de sangue usado em longas do gênero, “O Rastro”, mostra, como disse a produtora Malu Miranda, que o maior terror é a realidade.

Crédito das fotos: Angela Debellis (clique nas imagens para ampliá-las).

por Angela Debellis

Filed in: Cinema, Direto da Toca

You might like:

Confira o pôster nacional e o trailer oficial de “O Beco do Pesadelo” Confira o pôster nacional e o trailer oficial de “O Beco do Pesadelo”
Barbie estreia filme musical com duas protagonistas Barbie estreia filme musical com duas protagonistas
Star+: Tudo sobre “Y: The Last Man” Star+: Tudo sobre “Y: The Last Man”
“Scooby-Doo! Encontra Coragem” acaba de chegar às plataformas digitais “Scooby-Doo! Encontra Coragem” acaba de chegar às plataformas digitais
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.