Em novo programa, Zeca Camargo tem “1001 Perguntas” para fazer ao público

Crédito: Comunicação Band

Você sabe em qual país foi disputada a primeira Copa do Mundo? E quantos metros de altura tem o Cristo Redentor? Ou qual a distância exata de São Paulo até a Basílica Sagrada Família, em Barcelona?

A partir da próxima segunda-feira, 17 de janeiro, esses e outros questionamentos serão respondidos no “1001 Perguntas”, novo programa da Band que vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 22h30. Sob o comando de Zeca Camargo, o game show celebra a cultura pop da forma mais divertida e descontraída que o público já viu.

“Renovamos as maneiras de colocar as perguntas, de brincar com a emoção e, sobretudo, de fazer um jogo para que os telespectadores também possam participar. Apostamos em uma dinâmica mais rápida, muito conectada à cultura pop e aos assuntos que estão nas redes sociais. Os telespectadores não vão ver somente conteúdos ligados ao tradicional noticiário ou a uma enciclopédia”, adianta Zeca.

A cada edição, o apresentador recebe três duplas que colocarão à prova seus conhecimentos gerais. Mas não basta só saber a resposta. É preciso ter raciocínio rápido, intuição e capacidade estratégica para se dar bem na disputa. Esportes, música, cinema, televisão, literatura, turismo, costumes, animais, política, artes e invenções estão entre os temas abordados.

“Vamos sair da tradicional competição de perguntas e respostas. Teremos o povo brasileiro representado nos participantes. As duplas estarão aqui para se divertirem de alguma forma, pois o que mais importa é que elas passem um bom momento com a família e que as pessoas em casa também sintam que podem participar”, enfatiza Ignácio Iglesias, diretor do programa.

Os pares, que já têm uma relação entre si, se enfrentam com o objetivo de acumular o maior número de pontos. “Temos uma preocupação de não fazer um show monótono. Elaboramos mais de uma maneira de testar os conhecimentos das pessoas. Vamos ter questões com quatro opções de respostas, mas outras em que será necessário usar o raciocínio, um pouco de adivinhação e até mesmo intuição. É um game muito acessível. Não precisa ser nenhum gênio para participar”, garante o apresentador.

Um dos destaques da atração é a presença da jornalista Carla Bigatto, âncora da rádio BandNews FM. Ela será a voz do programa e irá interagir com o anfitrião ajudando nas explicações, além de trazer curiosidades sobre os temas comentados de forma lúdica. “É ela quem coloca a logística para funcionar, mas ao mesmo tempo está totalmente livre para fazer comentários e brincar com os participantes. Eu levanto a bola e ela corta, o que tem dado muito certo”, elogia Zeca Camargo.

Segundo a jornalista, o convite para estrear na televisão surgiu como uma grata surpresa. “A minha estreia na TV neste momento é um presente. Posso dizer que estou me divertindo muito. Minha função no formato original seria ser uma espécie de Alexa, inspirada nas assistências de voz, algo meio tecnológico. Mas, pelo fato de eu gostar de tirar sarro das situações e ter algumas sacadas, minha participação vai além disso. Dou uma apimentada no programa. Eu trago as respostas dos desafios, as curiosidades e uma pitada de humor, já que essa é a minha veia mais forte”, explica.

 A dupla com menor pontuação é eliminada, enquanto a que acertar o maior número de respostas leva R$ 20 mil para casa e continua competindo nos dias subsequentes, com outros adversários, para aumentar a premiação.

Crédito: Comunicação Band

Conheça os jogos do programa:

Etapa preliminar

Resposta Certa

Clássicos dos game-shows da TV, “Resposta Certa” abre o programa e esquenta os motores para o que vem pela frente. Seis categorias aparecem no telão e, por trás de cada uma delas, há uma pergunta e quatro alternativas, sendo apenas uma a correta. Os questionamentos vêm com nomes lúdicos. Dessa forma, no lugar de “esportes, música, artes ou celebridades”, a ideia é brincar com o conteúdo da pergunta e, por vezes, confundir os participantes.

 Uma questão sobre a época em que Neto jogava no Corinthians, por exemplo, pode vir oculta sob o nome de “Orelhudo” (fazendo alusão a um termo do repertório do apresentador). Mas, a dupla que se depara com esse nome, dificilmente o associa diretamente ao tema, turbinando a diversão.

Conta-Quilômetros

Neste jogo, todas as duplas jogam ao mesmo tempo. Elas devem adivinhar a distância da porta da Band até qualquer lugar do planeta: um museu, um monumento, uma cidade, uma cachoeira, um edifício, um estádio etc. Pode ser a distância por terra (e aí é levado em conta o trajeto por ruas e estradas) ou por ar (em linha reta).

Seis categorias aparecem no telão e, após uma delas ser escolhida, o ponto é revelado e o relógio começa a correr. Ao longo desse tempo, Zeca Camargo dá algumas dicas. Munidos de tablets, os competidores calculam mentalmente a possível distância e registram seus palpites no equipamento dentro do tempo proposto. Quem mais se aproximar, vence. Caso alguma dupla acerte a distância exata, ela ganha ainda mais pontos.

15 Nomes

Novamente, seis categorias surgem no telão. A dupla escolhe uma delas e 15 fotos são mostradas sequencialmente. O desafio é dizer o nome ou o apelido pelo qual a pessoa que aparece é conhecida.

Deu Match!

Após escolher uma das seis opções disponibilizadas, aparecem duas colunas, com cinco itens em cada, podendo ser: desenhos e seus criadores, invenções e seus inventores, celebridades e os times para os quais torcem, países e suas respectivas capitais ou moedas em circulação, dentre outros.

As informações vêm embaralhadas e a missão das duplas é ligar o item certo de uma coluna ao seu correspondente dentro do tempo estipulado.

Som na Caixa

É a prova musical do “1001 Perguntas”. As seis categorias trazem os estilos musicais, como rock, sertanejo, MPB, samba, pagode… Há algumas variações, como “sofrência”, “anos 70”, “anos 80”, mas sempre com clara indicação do que se trata. Ao escolher uma opção, um trecho da música é reproduzido no estúdio. Em seguida, o tempo começa a correr e os competidores devem adivinhar quem é o intérprete e o nome da faixa.

Depois disso, uma nova parte da canção é tocada, mas, desta vez, a missão é completar a letra que vem na sequência.

Etapa final

Passando o Bastão

É o desafio final do “1001 Perguntas”, disputado apenas pelas duas duplas mais bem colocadas. Trata-se de um verdadeiro rally de perguntas. Mas, ao contrário da primeira prova, aqui não há alternativas para escolher. Precisa responder direto, na lata.

Antes que a bateria de perguntas tenha início, os jogadores elegem um titular, que deverá responder sozinho, sem a ajuda do parceiro. Quem terminar a fase preliminar na dianteira tem a vantagem de começar. Se acertar, a pessoa continua respondendo e pontuando. Caso não saiba a resposta, ela pode “passar o bastão” para o seu companheiro, que dá continuidade ao game (mas não pode passar o bastão de volta).

As respostas corretas, no entanto, passam a valer menos pontos. São cinco minutos para responder o máximo de perguntas. No caso de algum erro, o cronômetro regressivo é pausado, a alternativa certa é revelada e a dupla adversária reinicia o mesmo processo.

Ao final, quem tiver mais pontos vence o programa e retorna no dia seguinte para encarar novos adversários e acumular o prêmio em dinheiro.

“1001 Perguntas”, um formato original Boxfixh, vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir de 17 de janeiro, logo após o “Faustão na Band”.

da Redação A Toupeira

Filed in: TV

You might like:

Crítica: Quando o Demônio chama” Crítica: Quando o Demônio chama”
HBO Max: Três primeiros episódios de “Pacificador” já estão disponíveis na plataforma HBO Max: Três primeiros episódios de “Pacificador” já estão disponíveis na plataforma
A sala mais “very porreta” do Brasil chegou ao Escape Time A sala mais “very porreta” do Brasil chegou ao Escape Time
“Pânico”: Confira novo vídeo com o elenco original “Pânico”: Confira novo vídeo com o elenco original
© 5284 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.