Em “Outro dia”, David Levithan conta história de adolescente que troca de corpo sob outra perspectiva

Outro dia capaEm “Todo dia”, David Levithan contou a história de A., adolescente que vive uma vida bem diferente das de seus pares: a cada dia, acorda num corpo diferente. Um dia pode ser menino, no outro, menina; num dia gordo (a), noutro, magro (a); um dia feliz, outro deprimido (a). Vai vivendo a vida assim, um dia de cada vez, até que ocupa o corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A. se apaixona por ela e, a partir daí, os dois terão que enfrentar muitos percalços para tentar entender e viver essa relação.

Agora, em “Outro dia”, Levithan oferece ao leitor o outro ponto de vista da trama: conhecemos a trajetória de Rhiannon, que vive um relacionamento conturbado e abusivo com Justin, até um dia em que ele parece estranhamente feliz, dedicado, carinhoso. Ao conhecer A. e sua condição bastante peculiar, a menina passa por um processo de reavaliação e autoconhecimento intenso. E começa a questionar a vida ao lado de Justin: vale a pena ficar com alguém que você ama, mas não te trata bem?

Ao mesmo tempo em que vai se apaixonando por A., Rhiannon sofre para aceitar suas mudanças diárias. A dificuldade em sentir atração por meninas ou por garotos que não fazem nem um pouco seu tipo pode acabar inviabilizando o relacionamento, embora ela saiba que, no fundo, é A. quem “habita” o corpo de cada uma daquelas pessoas.

Com sua sensibilidade e doçura de sempre, Levithan fala mais uma vez sobre empatia, aceitação e amor. E, tendo Rhiannon como narradora, toca ainda em outros assuntos importantes, como a autoestima e a quebra dos relacionamentos abusivos.

Ficha Técnica:

Título: Outro Dia

Autor: David Levithan

Páginas: 322

Preço: R$ 39,00

Tradução: Ana Resende

Editora: Galera / Grupo Editorial Record

da Redação A Toupeira

Filed in: Livros Tags: , , ,

You might like:

Obra completa de Anne Frank e uma versão em quadrinhos do diário chegam em 2017 Obra completa de Anne Frank e uma versão em quadrinhos do diário chegam em 2017
Em novo livro, Richelle Mead narra jornada de aventura com inspirações orientais Em novo livro, Richelle Mead narra jornada de aventura com inspirações orientais
“De volta a Blackbrick” tem narrativa delicada sobre Alzheimer “De volta a Blackbrick” tem narrativa delicada sobre Alzheimer
David Levithan e Rachel Cohn se juntam mais uma vez para falar sobre adolescência David Levithan e Rachel Cohn se juntam mais uma vez para falar sobre adolescência
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.