Enfrentamos os desafios da sala “A Máfia” do Escape Hotel

Depois de inúmeras salas de escape, com suas temáticas tão diferentes e específicas, confesso que fui ao Escape Hotel para conhecer a sala “A Máfia”, com a certeza de que já estava reparada para qualquer situação. Não poderia estar mais enganada.

Pela segunda vez jogamos uma partida com um monitor / personagem no ambiente. Felizmente, a “prima Ana” foi de grande ajuda e nos sentimos à vontade com sua presença, uma vez que a partir de constante interação durante todo o jogo, a enxergamos como parte importante para a resolução dos enigmas.

A história nos coloca como membros de duas famílias mafiosas italianas que precisam juntar forças para escapar da morte certa pelas mãos da máfia russa. Para isso, é necessário desvendar todos os enigmas em 60 minutos e fugir dos criminosos que se encaminham ao local.

Se num primeiro momento o que mais chama a atenção é a quantidade de cadeados (das salas que conhecemos, essa é a que faz mais uso desse recurso, até agora), logo descobrimos que cada um tem uma razão de ser, uma boa explicação. E o mais importante: as senhas de abertura são resultados de lógica, não apenas frutos de ações aleatórias.

O cenário é muito bonito e nos coloca em uma sala de negociação, na qual deveremos conseguir as escrituras de cinco regiões de São Paulo (o que me fez pensar em algo como uma versão bem mais emocionante de um famoso jogo de tabuleiro). A sonorização muito adequada, aliada a surpreendentes recursos especiais, ajuda ainda mais na imersão – sempre necessária para aumentar a qualidade do jogo.

Para enfrentar o desafio, dessa vez a Equipe Divertidos – Jogadores de Escape Games contou com oito integrantes (o mínimo para participar da sala são seis) e esse número me pareceu ideal. Todos tiveram função, cabendo a cada um aproveitar sua habilidade – seja com números, letras, detalhes – para garantir o êxito em todas as etapas.

Mesmo sendo bastante complexa, a sala é uma excelente pedida mesmo para jogadores novatos – no nosso caso, dois fizeram sua estreia – mas é recomendável ter alguém mais experiente, que já conheça o funcionamento de um jogo de fuga, até mesmo para auxiliar os que estiverem com dificuldades em suas tarefas.

Depois de várias surpresas e corações acelerados, saímos com o cronômetro travando em 9 minutos e 58 segundos, com direito a muita comemoração e já com saudades do Escape Hotel, uma vez que essa era a última sala que faltava para nosso grupo conhecer.

Importante: Apesar de muito ampla para que várias pessoas possam transitar sem se esbarrar, para se chegar à sala é necessário subir dois lances de escada (o local não conta com acessibilidade) e pessoas com algum tipo de mobilidade reduzida podem ter alguma dificuldade em pontos cruciais da partida.

Junte sua gangue de mafiosos e corra para conhecer “A Máfia”. Mais informações e reservas: www.escapehotel.com.br.

por Angela Debellis

Filed in: Saia da Toca

You might like:

Assista à versão dublada do trailer final de “Toy Story 4” Assista à versão dublada do trailer final de “Toy Story 4”
HBO divulga teaser e imagens da nova série ‘His Dark Materials’ HBO divulga teaser e imagens da nova série ‘His Dark Materials’
Trilha sonora de “Aladdin” conta com versão da Banda Melim para “Um Mundo Ideal” Trilha sonora de “Aladdin” conta com versão da Banda Melim para “Um Mundo Ideal”
“Aladdin”: Saiba mais sobre a Princesa Jasmine e confira produtos temáticos “Aladdin”: Saiba mais sobre a Princesa Jasmine e confira produtos temáticos
© 4048 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.