Livro “Tailândia Cores & Sabores” ganha Exposição em São Paulo

A primeira visita que o jornalista Carlos Eduardo Oliveira fez à Tailândia foi em 2015, quando era editor de uma revista de gastronomia. “Fiquei uns dez dias, e foi amor à primeira vista. Moraria lá fácil”, revela.

Agora, ele tem a oportunidade de dividir todo esse encantamento nas 224 páginas de Tailândia Cores & Sabores – Histórias e Receitas, lançamento da Editora Melhoramentos.

Na primeira estadia, o autor conta que já levava na bagagem uma noção do que esperar, inclusive em termos de sabores. “Mas quando vi e vivenciei aquela maravilhosa profusão de comida por todo o lugar, com thais e turistas comendo aqueles pratos divinos na rua o tempo todo, tive o primeiro insight para o livro”, relembra.

Para realizar o projeto foi necessário retornar à nação asiática para uma pesquisa mais prolongada. Foram 40 dias de mergulho a fundo na cultura e gastronomia tailandesas, em uma jornada que o levou por diferentes regiões do país, literalmente de norte a sul. “Fiz uma intensa e espartana pesquisa antes, com fontes tailandesas do Brasil e da Tailândia, envolvendo todos os aspectos da culinária thai”, explica o jornalista.

Chegando em território tailandês, após uma viagem que durou 24 horas, um dos primeiros desafios a enfrentar foi a barreira da língua. “Fora de Bangkok, e mesmo em algumas partes da cidade, pouca gente fala inglês, exceção, claro, aos pontos mais turísticos. Isso foi resolvido com a presença constante de tradutor”, observa ele.

Superada a barreira da língua, a missão fluiu. “Aconteceu uma sincronicidade tão grande que as coisas foram se desenrolando muito bem, e naturalmente. Isso se deveu em muito à pesquisa prévia que realizei e ao caráter ‘gente boa’, aberto, dos tailandeses. Aliás, coisa comum a todo o sudeste asiático”, relata Carlos Eduardo.

O resultado pode ser conferido nas páginas de Tailândia Cores & Sabores, que oferece um panorama completo desse fantástico país, sua gente, sua cultura e sua culinária. A publicação está organizada em duas partes. A primeira, intitulada “Comidas e Sabores”, abarca desde as origens e influências da culinária tailandesas e seus preparados mais emblemáticos, como o famoso curry e suas nuances, até a vigorosa comida de rua e as particularidades da cozinha de cada região.

A segunda parte, “Histórias e Cores”, traz o encanto dos mercados de comida em Bangkok e dos grandes restaurantes, apresenta o perfil de figuras representativas da gastronomia local e – claro – dedica um capítulo ao passo a passo das receitas thai, como o onipresente Sticky Rice (o arroz pegajoso cozido no vapor), a Som Tam (salada de papaia verde), o Thai Green Curry (fr ango ao curry verde) e o clássico dos clássicos Pad Thai (camarões com macarrão oriental e broto de broto de soja).

Percorrer as páginas de Tailândia Cores & Sabores é se deparar com a riqueza de informações e surpresas que só o olhar atento de um repórter tarimbado – e apaixonado pelo tema em foco – pode colher. Sobre a comida de rua, um dos principais cartões de visita do país asiático, Carlos Eduardo conta que apenas em Bangkok existem mais de 11 mil ambulantes cadastrados. Segundo ele relata no livro, eles são “periodicamente testados pelas autoridades quanto a seu grau de limpeza” e, se aprovados, recebem um cartão verde-azulado com os dizeres “Clean Food, Good Taste” (comida limpa, gosto bom) que precisam deixar em local visível ao público.

No terreno das curiosidades, claro, há um trecho do livro dedicado ao hábito de comer insetos. Segundo o autor, ainda que em menor escala do que se propagou no Ocidente, a prática é uma realidade na Tailândia. Tanto que existem até fazendas dedicadas à produção de insetos. São em torno de 20 mil, entre pequenos e médios empreendimentos. A maior parte do consumo local, explica Carlos Eduardo, vem de “criatórios que seguem rígidos padrões ambientais e são proibidos de usar pesticidas”.

Ele próprio provou a iguaria e deixou suas impressões no livro: “O bicho-da-seda é o porto seguro para se experimentar insetos. Sem contraindicações. E, detalhe importante, sem perninhas visíveis. Salgadinho, torrado, ‘harmoniza por contraste’ com cerveja bem gelada. Grilos e gafanhotos não são tão memoráveis assim. Não provei formigas, mas dizem que seu gosto no palato se aproxima ao do bicho-da-seda. Quanto a baratas-d’água e aracnídeos, passei”.

O livro captura todo o universo tailandês em torno da alimentação e da celebração à mesa, que, segundo o autor é peculiar e marcante: “Comer como um thai significa comer coletivamente. Seja em casa ou em restaurantes. Family style, para usar a expressão corriqueira dos tailandeses”.

Ficha Técnica:

Título: Tailândia Cores & Sabores – Histórias e receitas

Autor: Carlos Eduardo Oliveira

Formato: 19 X 23 cm

Número de páginas: 224

ISBN: 978-85-06-08412-0

Serviço:

Exposição Tailândia Cores & Sabores

Casa Melhoramentos

De 17 de junho a 19 de julho. Segunda a Sábado da 9h às 20h

Rua Tito, 479 – Vila Romana – São Paulo – SP.

Entrada franca

da Redação A Toupeira

Filed in: Livros, Saia da Toca

You might like:

Havaianas mergulha no universo secreto dos brinquedos com “Toy Story 4” Havaianas mergulha no universo secreto dos brinquedos com “Toy Story 4”
Assista ao trailer oficial de “Aprendiz de Espiã” Assista ao trailer oficial de “Aprendiz de Espiã”
Lilia Cabral é solteirona que quer desencalhar no trailer de “Maria do Caritó” Lilia Cabral é solteirona que quer desencalhar no trailer de “Maria do Caritó”
“Doutor Sono” ganha primeiro trailer legendado e pôster nacional “Doutor Sono” ganha primeiro trailer legendado e pôster nacional
© 2019 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.