“Nomadland” é o grande vencedor do Oscar 2021. Confira os vencedores

Equipe de “Nomadland” recebe o prêmio de Melhor Filme durante a 93ª cerimônia do Oscar. Crédito: Reprodução

Aconteceu na noite de ontem, a 93ª edição do Oscar. Sem grandes surpresas, o grande premiado foi “Nomadland”, que levou três estatuetas para casa, todas entre as principais categorias: Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Atriz.

Esqueça também aquelas premiações com domínio absoluto de uma só produção, como os recordistas “Ben-Hur” (1959), “Titanic” (1997) e “O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei” (2003), que saíram vitoriosos em 11 categorias em suas respectivas edições.

Em 2021, ninguém teve tal grau de destaque, com “Nomadland” sendo seguido por seis outras produções que conquistaram duas estatuetas cada, entre elas, “Mank” – o longa mais indicado da noite (com dez menções), que teve êxito em categorias técnicas: “Melhor Direção de Arte” e Melhor Fotografia”.

Além dos prêmios tradicionais (e da novidade da junção de duas categorias – Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som – em apenas uma, nomeada simplesmente “Mlehor Som”), a cerimônia também contou com a entrega de dois prêmios humanitários entregues à Motion Pictures Television Fund e ao ator Tyler Perry.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores:

Melhor Filme: Nomadland

Melhor Direção: Chloé Zhao (Nomadland)

Melhor Atriz: Frances McDormand (Nomadland)

Melhor Ator: Anthony Hopkins (Meu Pai)

Melhor Atriz Coadjuvante:  Yuh-jung Youn (Minari – Em Busca da Felicidade)

Melhor Ator Coadjuvante: Daniel Kaluuya (Judas e o Messias Negro)

Melhor Roteiro Original: Bela Vingança

Melhor Roteiro Adaptado: Meu Pai

Melhor Filme Internacional: Druk – Mais uma Rodada (Dinamarca)

Melhor Montagem: O Som do Silêncio

Melhor Animação: Soul

Melhor Animação em Curta-Metragem: Se algo acontecer… Te amo

Melhor Fotografia: Mank

CollectiveMelhor Documentário: Professor Polvo

Melhor Documentário em Curta-Metragem: Colette

Melhor Curta-Metragem: Dois Estranhos

Melhor Figurino: A Voz Suprema do Blues

Melhor Direção de Arte: Mank

Melhor Cabelo e Maquiagem: A Voz Suprema do Blues

Melhores Efeitos Visuais: Tenet

Melhor Som: O Som do Silêncio

Melhor Trilha Sonora: Soul

Melhor Canção: “Fight For You” (Judas e o Messias Negro)

da Redação A Toupeira

Filed in: Cinema

You might like:

AMPARA Animal faz projeções de animais para adoção em prédio no centro de São Paulo AMPARA Animal faz projeções de animais para adoção em prédio no centro de São Paulo
Ainda dá para conhecer o espaço “Maluquinho por Robótica” no Shopping Campo Limpo Ainda dá para conhecer o espaço “Maluquinho por Robótica” no Shopping Campo Limpo
“Matrix Resurrections” ganha data para chegar à HBO Max “Matrix Resurrections” ganha data para chegar à HBO Max
Gloob apresenta a quinta edição do “Rolê Gloob” Gloob apresenta a quinta edição do “Rolê Gloob”
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.