Sesc Bom Retiro Recebe Exposição “Rubens Carybé – O Compadre de Ogun”

Trinta obras do artista Rubens Carybé serão expostas no Sesc Bom Retiro. A coletânea de serigrafias foi criada a partir de aquarelas herdadas por Nancy Bernabó, viúva do pintor. As artes, inicialmente feitas para abertura de um especial realizado para a TV, na primeira versão da série “O Compadre de Ogun”, foram assinadas e numeradas por Carybé em 1997 e o acervo doado posteriormente ao Sesc  pelo Centro Cultural Banco do Brasil.

Traços da cultura baiana, especialmente aqueles ligados ao candomblé, foram a maior fonte de inspiração do artista. “O Compadre de Ogun”, livro escrito por Jorge Amado, teve representações serigráficas feitas baseadas em fragmentos de sua história, desenhados por Carybé.  Na parte: “A Revelação de Ogun”, que acontece dentro de um terreiro onde o orixá se manifesta, saltam aos olhos aspectos culturais fortes como as roupas usadas nos rituais, o uso das cores e o destaque da raça mestiça brasileira, sem rosto.

Ogum Sesc Bom Retiro

Outro momento retratado é o que corresponde ao trecho do livro: “Reunião de Amigos para Tratar do Batizado do Menino”. Só faltava batizar Felício, o filho da personagem mãe Benedita que nasceu. Carybé eternizou o cenário da casa com família que recebera o recém-nascido, todos sem rosto, porém felizes, acertando os detalhes sobre o padre, a data, padrinhos, a roupa do dia e os custos da festa.

Os visitantes poderão participar de visitas monitoradas e de atividades como: encontro com o escritor Claudio Daniel, que fará uma leitura poética do livro “Oriki Orixá”, de Antônio Risério; oficinas com atividades teóricas e práticas sobre o processo de criação serigráfica e oficinas virtuais para pesquisa sobre a vida e obra de Carybé, utilizando os recursos da sala de internet.

Além de estabelecer a conexões diretas entre artes plásticas e a literatura de Jorge Amado, a mostra tem por objetivo instigar o público e suas diferentes possibilidades de leitura. A cultura afro-brasileira e o sincretismo religioso são alguns dos temas abordados durante a exposição.

A mostra faz parte do ArteSesc, projeto de circulação cultural que  promove intercâmbios e democratiza o acesso de diferentes públicos à produção artística do país, desde 1981. Os circuitos percorridos pelas exposições não se limitam às capitais, pois envolvem também cidades do interior. Diversas exposições já integraram o projeto, que atualmente conta com dez propostas que apresentam obras de diferentes artistas e grupos, abrangendo em média 80 cidades por ano.

Clique aqui para conferir as imagens.

Serviço:

Exposição: Serigrafias de Carybé – O Compadre de Ogun

Abertura: 18 de setembro às 19h, no espaço expositivo, 2ª andar. Período: De 19 de setembro a 09 de novembro. De terça à sexta das 9h às 20h30; Sábados das 10h às 18h30; Domingos e feriados das  10h às 17h30

SESC Bom Retiro

Alameda Nothmann, 185, Campos Elíseos, Bom Retiro. São Paulo/SP

Estacionamento: De R$ 4,00 a R$ 8,00

Acessibilidade: Entrada com acesso para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida

Telefone: (11) 3332-3600

www.sescsp.org.br/bomretiro

da Redação A Toupeira

Filed in: Saia da Toca Tags: , , , ,

You might like:

Direto da Toca: Saiba o que há de melhor na exposição “Nirvana: Taking Punk to the Masses” Direto da Toca: Saiba o que há de melhor na exposição “Nirvana: Taking Punk to the Masses”
Complexo Tatuapé recebe exposição de Paulo Dud Complexo Tatuapé recebe exposição de Paulo Dud
Museu da Imagem e do Som recebe exposição sobre “X-Men” Museu da Imagem e do Som recebe exposição sobre “X-Men”
Complexo Tatuapé recebe a “Exposição Chapeleiro Maluco” Complexo Tatuapé recebe a “Exposição Chapeleiro Maluco”
© 0619 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.