Biblioteca da USP recebe mostra única de livros esculpidos em quartzo

A mostra Quartzoteka, da artista paulistana Denise Milan, traz o conjunto completo de sua coleção de livros e Entes Pétreos de quartzo pela primeira vez à Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM USP), biblioteca especializada em livros raros sobre o Brasil.

Denise pesquisa há muitos anos a história dos minerais e a vida geológica da Terra, tendo feito exposições em diversas partes do mundo e incorporado suas obras nos mais importantes acervos e museus nacionais e estrangeiros, como, por exemplo, no Museu de Arte Contemporânea, também da USP (MAC/USP).

Nesta nova exposição individual, que contará com o apoio cultural da DAN Galeria, a artista relaciona à sua Quartzoteka outros trabalhos de outras séries como os Tablets (2011/2015), os Ideogramas da Pedra (2009), O Ciclo do Ouro (2014) e o Útero Magmático (2023), entre outros.

Para Denise, artista que trabalha com o imaginário da Terra, uma pedra azul no cosmos, aquilo que ligeiramente aflora em sua superfície são os primeiros rastros ou testemunhos de eras geológicas antiquíssimas que perfazem ao mesmo tempo, um conhecimento fundamental, uma espécie de corpus de doutrinas do mundo das rochas e cristais, de suas estruturas e comportamentos físicos e químicos assim como do grande conflito sofrido para chegarem até nós. Servem também como indícios de um mundo muito vasto e ainda na maioria desconhecido que se abisma no núcleo interior do nosso planeta.

Junto aos Ideogramas da Pedra também serão apresentados alguns dos metapoemas de Haroldo de Campos que originalmente fazem parte do livro Cadumbra (1997), feito em colaboração com a artista.

A exposição é montada na galeria do subsolo da biblioteca, pensada como uma caverna e em diálogo com o espaço arquitetônico contemporâneo do arquiteto paulista Eduardo de Almeida. A curadoria é do professor Luiz Armando Bagolin, do Instituto de Estudos Brasileiros da USP.

Durante a mostra haverá um encontro entre a artista, o curador e dois convidados muito especiais: o ex-presidente da Bienal de São Paulo, Júlio Landman, e a professora Sonia Maria Barros de Oliveira, docente titular do Instituto de Geociências da USP.

Crédito das imagens: Levi Mendes Jr.

Serviço:

Exposição Quartzoteka

Abertura: 14/03 às 18h. Período Expositivo: 15/03 a 17/05. De segunda à sexta-feira, das 8h às 18h (sábados, domingos e feriados, fechado)

Rua da Biblioteca, 21, Cidade Universitária. São Paulo / SP

Entrada gratuita

Classificação indicativa: livre

Obs: as obras estão subdivididas num percurso: Térreo da Biblioteca (Ciclo do Ouro), Sala BNDES/Subsolo da Livraria Edusp (Quartzoteka, Tablets da Terra, Ametistas, Ideogramas da Pedra e Útero Magmático)

da Redação A Toupeira

Filed in: Livros, Saia da Toca

You might like:

Fazenda Futuro: Confira duas receitas para aproveitar os alimentos da estação, junto da chegada do outono Fazenda Futuro: Confira duas receitas para aproveitar os alimentos da estação, junto da chegada do outono
Amazon Prime Video lança filme sobre batalha musical com grande elenco de influenciadores digitais Amazon Prime Video lança filme sobre batalha musical com grande elenco de influenciadores digitais
Crítica: “Evidências do Amor” Crítica: “Evidências do Amor”
Crítica: “A Paixão segundo G. H.” Crítica: “A Paixão segundo G. H.”
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.