CineSesc estreia filmes da Mostra Mundo Árabe e Panorama do Cinema Suíço

Há quase três meses no ar e com mais de 450 mil visualizações, a série Cinema #EmCasaComSesc, realizada pelo Sesc São Paulo, disponibiliza gratuitamente ao público filmes em streaming pela plataforma do Sesc Digital.

Nesta semana, a série vai começar a exibir a Mostra Mundo Árabe de Cinema em Casa, além de filme em homenagem à Semana da Visibilidade Lésbica. Serão também exibidos dentro do Sesc Digital, pela primeira vez, os títulos do Panorama de Cinema Suíço, em uma edição totalmente online este ano. E continua disponível, na mesma plataforma, um recorte especial dos filmes mais votados no 46º Festival Sesc Melhores Filmes.

Para marcar o Dia da Visibilidade Lésbica (29/07), será disponibilizado no sábado, às 20h, o longa-metragem “Rafiki”, em parceria com o Canal Telecine. Com direção da queniana Wanuri Kahiu, Rafiki – que significa “amigos” – é uma história de amor entre duas jovens mulheres em um país que ainda criminaliza a homossexualidade.

Apesar da rivalidade política entre suas famílias, as protagonistas encorajam uma a outra a perseguir seus sonhos em uma sociedade conservadora. Quando o amor floresce entre elas, Kena e Ziki devem escolher entre felicidade e segurança. O filme fica em cartaz por apenas 24 horas.

Na segunda-feira (31/08), a série estreia o filme “O Dia em que Perdi Minha Sombra”, da diretora síria Soudade Kaadan, que faz parte da Mostra Mundo Árabe de Cinema em Casa. Realizada pelo Instituto da Cultura Árabe – ICArabe, com correalização do Sesc São Paulo, o festival acontece de 28 de agosto a 27 de setembro, pelo site www.mundoarabe2020.icarabe.org e na plataforma Sesc Digital.

O evento, realizado totalmente em formato online nesta edição, trará quatro filmes inéditos no Brasil e uma seleção especial dos destaques da mostra, que nos últimos 15 anos projetou-se no cenário internacional e integrou-se ao calendário cultural da cidade de São Paulo. Na www.plataforma sescsp.org.br/cinemaemcasa, quatro filmes da mostra estreiam sempre às segundas-feiras, a partir de 31 de agosto, e ficam disponíveis por uma semana.

8º Panorama Digital do Cinema Suíço

Na mesma semana, de 27 de agosto a 06 de setembro, acontece o Panorama Digital do Cinema Suíço, que chega à sua 8ª edição, a primeira on-line. O evento apresentará 14 filmes e dois programas de curtas, que serão exibidos gratuitamente na plataforma Sesc Digital (http://www.sescsp.org.br/panoramasuico). O festival é uma realização do Consulado da Suíça em São Paulo e do Sesc São Paulo, em parceria com a agência de cinema Swiss Films.

Na lista de filmes exibidos, títulos lançados entre 1969 e 2020 que se dividem entre documentários e ficções. Na programação de longas de ficção estão: “Praça Needle Baby” , de Pierre Monnard, “Temporada de Caça”, de Sabine Boss, “Bruno Manser – A Voz da Floresta”, de Niklaus Hilber, “Aqueles que Trabalham”, de Antoine Russbach, “No Meio do Horizonte”, de Delphine Lehericey, “O Vento Muda”, de Bettina Oberli, e “O Fim do Mundo”, de Basil da Cunha, além dos clássicos de Alain Tanner “Charles Morto ou Vivo” e “A Cidade Branca”. O festival traz ainda cinco documentários e dez curtas divididos em dois programas, sendo um deles inteiramente dedicado ao público infantil.

46º Festival Sesc Melhores Filmes

E o 46º Festival Sesc Melhores Filmes continua. Para esta edição especial online, foi disponibilizado um recorte com alguns dos filmes mais votados pelo público e pela crítica que estariam na programação da edição presencial do Melhores.

O público pode ver e rever gratuitamente filmes como o polonês “Guerra Fria”, de Paweł Pawlikowski, o dinamarquês “Rainha de Copas”, de May el-Toukhy, o sueco “Border”, de Ali Abbasi e “Cine São Paulo”, de Ricardo Martensen e Felipe Tomazelli. Os filmes ficam disponíveis na plataforma do Sesc Digital até 20 de setembro. Para assistir basta acessar www.sescsp.org.br/cinemaemcasa.

da Redação A Toupeira

Filed in: De tudo um pouco

You might like:

Para quem ama investigação: cinco séries de espionagem disponíveis na Max Para quem ama investigação: cinco séries de espionagem disponíveis na Max
Dubladores de Chiquinha e Seu Madruga participam de painéis do Dia do Orgulho Nerd Dubladores de Chiquinha e Seu Madruga participam de painéis do Dia do Orgulho Nerd
“Frankenstein”, clássico de 1931, ganha sessão gratuita com debate científico no MIS “Frankenstein”, clássico de 1931, ganha sessão gratuita com debate científico no MIS
Direto das Toca: Conhecemos a Exposição “Corpo Humano” Direto das Toca: Conhecemos a Exposição “Corpo Humano”
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.