Daniel Boaventura faz a abertura do 18º Festival Italiano de Nova Veneza

Crédito: Divulgação

A edição de 2024 do Festival Italiano de Nova Veneza está chegando e, como não poderia deixar de ser, a programação musical se destaca trazendo nomes que refletem a energia e versatilidade da cultura italiana. Cada um dos quatro dias de evento conta com um show principal, que será enriquecido por apresentações de corais, e cantores da cidade, sempre na língua italiana.

O show de abertura do evento, na quinta-feira, 06, fica por conta de Daniel Boaventura. Rosto conhecido por novelas como Laços de Família (2000), Malhação (2006-2008) e Tapas & Beijos (2011 -2015), o artista tem na música sua maior paixão e carreira principal.

Cantor profissional desde 2009, Daniel não é estranho à cultura italiana. Em 2010, atuando em Passione, foi inspirado pelo clima da novela e resolveu lançar seu segundo álbum, composto apenas por músicas italianas, intitulado Italiano. Famoso por sua versatilidade, o cantor interpreta clássicos de Frank Sinatra, Elvis Presley e Barry White em seus shows, conhecidos por sua energia e emoção. Recentemente, lançou-se na carreira internacional, gravando álbuns e esgotando ingressos no México e na Rússia.

Na sexta-feira, 07, o destaque da programação será o cantor italiano Tony Angeli. Aos 82 anos de idade e vivendo no Brasil desde 1964, o músico continua a encantar o público com as músicas de sua terra natal.

Seus shows são marcados pela apresentação de grandes sucessos, como Roberta, All Di La, Dio Come Ti Amo, O Mio Senhore, Vollare, Sole Mio e Carusso, que fizeram história na era de ouro da música italiana. “Eu me considero um representante da música italiana no Brasil e estou muito animado por poder compartilhar o meu trabalho com o público do festival”, diz Tony.

No sábado, 08, a programação começa mais cedo, no horário do almoço e no palco estará a dupla Weber e Alex, conhecidos como os tenores de Nova Veneza. Os cantores locais tem conquistado o público com sua perfomance e participam do festival desde a sua primeira edição.

“Estamos ansiosos e muito felizes de estar mais uma edição e vamos dar o nosso melhor para fazer uma linda festa”, afirma Weber. Ele promete novas músicas para o show deste ano, trazendo muita animação e interatividade com o público.

Ainda no sábado, à noite será a vez da cantora Anna Paula Drigo encantar o público com o tradicional baile de máscaras. No mais clássico estilo de Veneza, a artista leva ao festival muita animação.

“Sou cantora de banda de baile há 20 anos. Há 4 ou 5 anos recebi a proposta de cantar no festival e estudei bastante para cantar em italiano. O evento é uma festa que a gente se dedica especialmente para preparar algo especial”, destaca Anna Paula.

No último show de destaque fica por conta de Jordana Félix e Izadora Cruz, primas, com carreiras independentes, que vão formar uma dupla especialmente para o festival no domingo, 09. Ambas foram criadas em Nova Veneza e ingressaram no mundo da música ainda crianças, por meio do coral infantil que se apresenta todos os anos no evento.

Agora, assumem o palco com um show que vai trazer toda a essência das jovens cantoras, misturando a cultura italiana com o ritmo sertanejo clássico. “A  expectativa é que o show no festival gastronômico seja uma experiência única para todos os visitantes. Estou muito animada e feliz pela oportunidade”, diz Jordana. “É um orgulho poder mostrar nossas verdadeiras raízes e como a cultura de nossa cidade é linda”, completa Izadora.

Crédito: Divulgação

O Festival

Com o tema “A Casa da Itália”, o 18º Festival Italiano de Nova Veneza será realizado neste ano entre os dias 06 e 09 de junho, na cidade que fica a 39 km de Goiânia. Com acesso gratuito para a população, a festa italiana é uma mistura de culturas, contará com uma ampla programação dedicada à cultura da Itália com muita música, apresentações artísticas, diversos pratos como as apreciadas massas, sobremesas, bebidas, artesanato e muito mais. Na Cantina da Nonna, cozinha oficial do evento, os pratos custarão a partir de R$ 25.

Nas últimas edições, o evento recebeu mais de 120 mil pessoas nos quatro dias, o que o enquadra no patamar dos grandes festivais do Brasil. A festa foi criada para valorizar a história de Nova Veneza, formada por colonos italianos que vieram para o Brasil há mais de 100 anos. Hoje, cerca de 60% de sua população é formada por descendentes e os demais cidadãos adotaram a cultura italiana.

da Redação A Toupeira

Filed in: Saia da Toca

You might like:

Cinépolis anuncia parceria com Disney no Combo Júnior “Divertida Mente 2” Cinépolis anuncia parceria com Disney no Combo Júnior “Divertida Mente 2”
Maneva se apresenta em São Paulo Maneva se apresenta em São Paulo
GNT abre inscrições para a plateia do “Que história é essa, Porchat?” GNT abre inscrições para a plateia do “Que história é essa, Porchat?”
Dia do Luto: Dois livros infantis para falar sobre o assunto com crianças Dia do Luto: Dois livros infantis para falar sobre o assunto com crianças
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.