Direto da Toca: Conhecemos a sala “Pânico no Expresso do Oriente” do Escape Time

Hoje foi dia da Equipe Divertidos – Jogadores de Escape Games conhecer mais uma casa de jogos de fuga em São Paulo. Dessa vez, nossa visita foi ao Escape Time, localizado no bairro do Brooklin.

O local conta com uma recepção bastante agradável, na qual é possível adquirir produtos oficiais, e com funcionários atenciosos que já recebem os visitantes com um sorriso no rosto desde o primeiro momento. Para tentar decifrar os enigmas da sala “Pânico no Expresso do Oriente” fomos orientados pelo monitor Matheus, que cumpriu bem a missão de nos mostrar o caminho para a melhor imersão no jogo.

E por falar em imersão, é visível a preocupação com ela desde os momentos que antecedem a entrada na sala. Cenário bem construído e a possibilidade de usar acessórios como boinas e echarpes aumentam a sensação de que realmente estamos entrando em um vagão do famoso trem.

Antes de falar sobre o jogo sem si (sem spoilers, é claro!), vale ressaltar algo que nos foi passado e que pode ser uma dúvida inicial de alguns jogadores que optam por esse tema: apesar do nome parecido, a trama passada na sala nada tem a ver a famosa obra de Agatha Christie, “Assassinato no Expresso do Oriente” – que por sinal ganhará as telas de cinema ainda esse ano com uma produção homônima.

Na história proposta pelo Escape Time, os jogadores tornam-se passageiros do trem e descobrem que há uma bomba plantada em um dos vagões. Para completar, o maquinista desapareceu e restam apenas 60 minutos (tempo máximo para se resolver os desafios) antes que uma explosão cause grande estrago e muitas mortes.

A sala é muito bonita – assim como deveria ser um vagão do Expresso do Oriente original – e conta com detalhes que fazem a diferença – não só visualmente, para o andamento do jogo em si. Como em toda atividade do tipo, é importante lembrar que, em algum momento, a grande maioria das coisas acaba fazendo sentido, então não se deve descartar nada à primeira vista.

Nós não conseguimos escapar da sala (infelizmente!), mas a experiência é muito válida mesmo quando não se tem êxito na fuga. E quem conseguir fugir dentro do tempo estipulado, descobrirá ótimas surpresas que não são mostradas de imediato e tornam a experiência ainda mais bacana.

Vale muito a pena conhecer o local e nós mal podemos esperar para voltar em breve! Para mais informações, acesse: www.escapetime.com.br.

por Angela Debellis

Filed in: Direto da Toca, Saia da Toca

You might like:

Fazenda Futuro: Confira duas receitas para aproveitar os alimentos da estação, junto da chegada do outono Fazenda Futuro: Confira duas receitas para aproveitar os alimentos da estação, junto da chegada do outono
Amazon Prime Video lança filme sobre batalha musical com grande elenco de influenciadores digitais Amazon Prime Video lança filme sobre batalha musical com grande elenco de influenciadores digitais
Crítica: “Evidências do Amor” Crítica: “Evidências do Amor”
Crítica: “A Paixão segundo G. H.” Crítica: “A Paixão segundo G. H.”
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.