Direto da Toca: Participamos da Coletiva Virtual de “Inexplicável com William Shatner”

Créditos: Divulgação / History

Aconteceu na tarde de hoje, 12 de março, a Coletiva de Imprensa Virtual para divulgação da quarta temporada de “Inexplicável”, programa exibido pelo History e apresentado por William Shatner.

Prestes a completar 93 anos em 22 de março (data em que o canal terá uma programação especial, com Maratona a partir das 18h40), o icônico ator falou com os jornalistas da América Latina sobre a chegada dos dez novos episódios da produção que vai ao ar a partir de junho, no Brasil.

Sobre sua crença no inexplicável, afirmou que acredita no sobrenatural e que a humanidade está em um processo de descoberta de mistérios além da realidade, que algum dia também poderão ser explicados.

Também contou que sugere tópicos para o programa, porque está o tempo todo lendo sobre assuntos pertinentes ao tema proposto. Sobre sua história favorita já mostrada na atração, não escolheu uma em especial, mas afirmou se interessar muito por “mistérios que vieram antes”, como uma caixa de um monge datada de 3000 anos atrás e que produz sons.

Créditos: Divulgação / History

E é claro que ele não poderia deixar de ser questionado sobre seu mais emblemático papel: o do Capitão James T. Kirk, da série clássica “Star Trek” (exibida entre 1966 e 1969). Shatner se mostrou muito grato à possibilidade de trabalhar a tanto tempo com o mercado televisivo, dizendo ter consciência de que a televisão o tornou popular e foi sua principal forma de ganhar dinheiro.

Ainda sobre a série, lembrou-se de sua grande amizade com o saudoso ator Leonard Nimoy, a quem chamou de melhor amigo / irmão, explanando o quão importante ele foi em sua história de vida. Foi um momento bastante emotivo e especial da entrevista.

Com sua próxima aventura prevista para o Natal – quando fará um cruzeiro até a Antártida – Shatner falou sobre a viagem ao espaço que realizou em outubro de 2021, a convite do empresário Jeff Bezos. Foi com brilho nos olhos que recordou a emoção de ver o Planeta Terra (“em seu início e seu fim”) e mostrou-se enfático ao discorrer sobre o grave problema do aquecimento global.

Para encerrar, deu sua opinião sobre um tema em alta na atualidade, a Inteligência Artificial, a quem definiu como uma “besta estranha” que só existe pela habilidade do homem em criá-la. A esperança é de que sua existência não impeça as pessoas de perceberem o quanto ela pode ser prejudicial, mantendo-a sob controle.

por Angela Debellis

Filed in: Direto da Toca, TV

You might like:

Fazenda Futuro: Confira duas receitas para aproveitar os alimentos da estação, junto da chegada do outono Fazenda Futuro: Confira duas receitas para aproveitar os alimentos da estação, junto da chegada do outono
Amazon Prime Video lança filme sobre batalha musical com grande elenco de influenciadores digitais Amazon Prime Video lança filme sobre batalha musical com grande elenco de influenciadores digitais
Crítica: “Evidências do Amor” Crítica: “Evidências do Amor”
Crítica: “A Paixão segundo G. H.” Crítica: “A Paixão segundo G. H.”
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.