“Free Guy” e “Morte no Nilo” não têm mais data prevista para chegar aos cinemas

Depois de adiamentos das datas inicialmente previstas de suas estreias nos cinemas, “Free Guy – Assumindo o Controle” e “Morte no Nilo” seguiam anunciados para chegar às telonas ainda em 2020: em 11 e 18 de dezembro, respectivamente.

Hoje foi confirmado que ambas as produções não mais poderão ser vistas esse ano. De acordo com informações da Disney/20th Century Studios, elas agora não têm mais datas definidas para serem disponibilizadas ao público.

Enquanto aguarda para assistir aos filmes, saiba mais sobre eles abaixo:

Free Guy – Assumindo o Controle

A comédia de ação estrelada por Ryan Reynolds mostra a história de um caixa de banco preso a uma entediante rotina que tem sua vida virada de cabeça para baixo quando ele descobre que é personagem em um brutalmente realista vídeo game de mundo aberto. Agora ele precisa aceitar sua realidade e lidar com o fato de que é o único que pode salvar o mundo.

Morte no Nilo

Durante sua viagem de lua de mel num cruzeiro pelo rio Nilo, Linnet Ridgeway (Gal Gadot), uma rica herdeira, é morta e por coincidência quase todos os passageiros têm motivos para matá-la. Enquanto as investigações têm início no próprio navio, novas mortes acontecem com o intuito de encobrir a verdade.

O suspense policial baseado no livro homônimo de Agatha Christie conta com grandes nomes em seu elenco, incluindo Kenneth Branagh (em sua segunda aparição como o detetive Hercule Poirot) e Armie Hammer.

da Redação A Toupeira

Filed in: Cinema

You might like:

Fazenda Futuro: Confira duas receitas para aproveitar os alimentos da estação, junto da chegada do outono Fazenda Futuro: Confira duas receitas para aproveitar os alimentos da estação, junto da chegada do outono
Amazon Prime Video lança filme sobre batalha musical com grande elenco de influenciadores digitais Amazon Prime Video lança filme sobre batalha musical com grande elenco de influenciadores digitais
Crítica: “Evidências do Amor” Crítica: “Evidências do Amor”
Crítica: “A Paixão segundo G. H.” Crítica: “A Paixão segundo G. H.”
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.