MUBI celebra o Mês do Orgulho LGBTQIA+ com eventos gratuitos em São Paulo

A MUBI, distribuidora global, serviço de streaming e produtora, realiza dois eventos gratuitos em São Paulo, no mês de junho para celebrar o Mês do Orgulho LGBTQIA+. Os eventos, que acontecem em 06 de junho na Cinemateca Brasileira e de 21 a 23 de junho no Centro Cultural São Paulo, destacam filmes do cinema queer, e fazem parte da campanha de lançamento da coleção Pode Entrar: Explore Espaços Queer no Cinema.

Para celebrar a coleção que chega à plataforma no Mês do Orgulho LGBTQIA+, a MUBI promove um evento na Cinemateca Brasileira, no dia 06 de junho, com a exibição de duas obras que tiveram um impacto cultural significativo na cultura pop: But I’m a Cheerleader, de Jamie Babbit (1999), e o documentário cult Paris is Burning, de Janie Livingston (1990) – as sessões estão sujeitas à lotação da Cinemateca.

Estrelada por Natasha Lyonne e Clea DuVall, But I’m a Cheerleader é uma sátira que desafia estereótipos de gênero e sexualidade, ao contar a história de Megan, uma líder de torcida  enviada pelos pais a  um centro de reabilitação para “curar” sua homossexualidade. Já Paris is Burning traz um retrato histórico de uma subcultura vibrante e influente, ao explorar a cena ballrooom de Nova York e as comunidades afro-americanas, latinas, gays e transgênero envolvidas.

O evento na Cinemateca terá distribuição de merch exclusivo, incluindo pirulitos, fósforos e leques personalizados com o tema da campanha de Pride 2024 – Pode Entrar: Explore Espaços Queer no Cinema. Além disso, um dj set da festa Novo Affair anima o evento nos intervalos dos filmes.

Ainda em São Paulo, em parceria com SP Cine e o CCSP – Centro Cultural São Paulo, acontece o Território MUBI dentro da Mostra Espaços Queer no Cinema. O evento, também gratuito, ocorre de 21 a 23 de junho, no CCSP – Centro Cultural São Paulo.

Serão exibidos cinco títulos com temática LGBTQIA+:  Matthias & Maxime, de Xavier Dolan; Great Freedom, de Sebastian Meise e estrelado por Franz Rogowski (Passagens); O Outro Lado da Cidade Proibida, de Zhang Yuan; o documentário Shakedown, de Leilah Weinraub; e o curta Maurice’s Bar, de Tzor Edery e Tom Prezman.

Sobre os filmes Território MUBI:

Maurice’s Bar, de Tzor Edery e Tom Prezman

2023, 14 minutos, 12 anos

Em 1942, em um trem para lugar nenhum, uma ex-drag queen lembra uma noite de seu passado em um dos primeiros bares queer de Paris. Fragmentos remanescentes de fofocas de clientes remetem a este bar mítico e seu misterioso proprietário judeu-argelino.

Shakedown, de Joseph Pevney

1950, 80 minutos, 14 anos

Jack Early é um fotógrafo de notícias ambicioso que está determinado a fazer um nome para si mesmo. Ele consegue ser contratado por um grande jornal de São Francisco e, a partir de então, está preparado para fazer qualquer coisa para alcançar seu objetivo. Indomável em seu propósito, Early afunda no submundo onde o chefe da gangue Nick Palmer o leva sob sua proteção.

Mathias & Maxime, de Xavier Dolan

2019, 119 minutos, 16 anos

Dois amigos de infância são convidados a compartilhar um beijo para uma cena de um filme estudantil. Logo, uma dúvida persistente se instala, confrontando ambos os homens com suas preferências, ameaçando a irmandade de seu círculo social e, eventualmente, mudando suas vidas.

O Outro Lado da Cidade Proibida, de Zhang Yuan

1996, 94 minutos, 18 anos

O Palácio Leste e o Palácio Oeste, banheiros públicos em lados opostos da Praça Tiananmen de Pequim, são pontos de encontro gay populares frequentemente invadidos pela polícia. Enquanto está detido após uma dessas invasões, um escritor queer (Si Han) passa uma longa noite em estreita proximidade com um policial hostil, mas curioso (Hu Jun).

Great Freedom, de Sebastian Meise

2021, 117 minutos, 16 anos

Ao desenterrar  capítulos dilacerantes da história queer na Alemanha pós-guerra, o drama comovente de Sebastian Meise aproveita o poder curativo da intimidade que surge com a oposição à opressão sistemática. Franz Rogowski hipnotiza com sua atuação neste conto de resiliência e resistência.

Além dos eventos, a plataforma adiciona novos títulos de temática queer à coleção Orgulho Sem Preconceito e, neste ano, uma segunda coleção LGBTQIA+ complementa a programação: Um Lugar Só Nosso: Espaços Queer no Cinema, que convida a audiência a celebrar os espaços onde as pessoas queer vivem  , encontram sua comunidade, se refugiam da opressão e podem transgredir os limites heteronormativos da sociedade.

Serviço:

Noites de Cinema MUBI e Inner Circle – PRIDE

Programação:

19h – Abertura do Espaço

19h30 – But I’m a Cheerleader

21h – Intervalo com dj set Novo Affair

21h50 – Paris is Burning 23h – Encerramento

Cinemateca Brasileira

Largo Sen. Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino, São Paulo – SP

Os ingressos são gratuitos; evento sujeito à lotação da sala

Território MUBI dentro da Mostra Espaços Queer No Cinema

Programação:

21/06: 17h – Matthias & Maxime; 19h – The Great Freedom

22/06: 15h – Shakedown + Maurice’s Bar; 17h – East Palace, West Palace; 19h – Matthias & Maxime

23/06: 15h – The Great Freedom; 17h30 – Shakedown + Maurice’s Bar; 19h30 – East Palace, West Palace

Centro Cultural São Paulo (CCSP) – Sala Lima Barreto

Rua Vergueiro, 1000 – Liberdade, São Paulo – SP

Os ingressos são gratuitos; evento sujeito à lotação da sala

da Redação A Toupeura

Filed in: Cinema, Saia da Toca

You might like:

Cinépolis anuncia parceria com Disney no Combo Júnior “Divertida Mente 2” Cinépolis anuncia parceria com Disney no Combo Júnior “Divertida Mente 2”
Maneva se apresenta em São Paulo Maneva se apresenta em São Paulo
GNT abre inscrições para a plateia do “Que história é essa, Porchat?” GNT abre inscrições para a plateia do “Que história é essa, Porchat?”
Dia do Luto: Dois livros infantis para falar sobre o assunto com crianças Dia do Luto: Dois livros infantis para falar sobre o assunto com crianças
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.