National Geographic e National Geographic Wild celebram o Dia Mundial do Rinoceronte

Crédito: National Geographic

Nesta terça-feira, 22 de setembro, os canais National Geographic e National Geographic Wild se juntam para celebrar o Dia Mundial do Rinoceronte com a estreia de documentários e séries inspiradores: a partir das 17h o National Geographic estreia os documentários Akashinga: Guerreiras da África e Rinocerontes em Risco: Comércio de Chifres. Algumas horas mais tarde, estreiam a partir das 20h30 no National Geo Wild, as séries Segredos do Zoológico: Rinocerontes e Orfanato de Rinocerontes.

O documentário Rinocerontes em Risco: Comércio de Chifres, dá visibilidade ao tráfico de chifres de rinoceronte, um dos negócios ilegais mais lucrativos do mundo, que se estende por todos os continentes e ameaça a biodiversidade do planeta.

Akashinga: Guerreiras da África segue a história de Petronella Chigumbura e suas colegas guardas florestais anticaça. Esse grupo de mulheres fez um chamado à comunidade local no Zimbábue para que mães solteiras, esposas abandonadas e sobreviventes de violência sexual e doméstica se inscrevam em uma intensa seleção de treinamento para tentarem se juntar às guardas florestais e ajudá-las a proteger elefantes e outros animais selvagens de caçadores furtivos em toda a África.

Na programação do National Geo Wild a homenagem a este mamífero tão singular começa às 20h30 com a transmissão de um episódio temático de Segredos do Zoológico: Rinocerontes e em seguida a estreia dos três primeiros episódios da série Orfanato de Rinocerontes, que mostra os bastidores do primeiro orfanato dedicado a rinocerontes da África, onde uma equipe amorosa luta para garantir o futuro de uma espécie.

Crédito: National Geographic

Por outro lado, no âmbito do Dia Mundial do Rinoceronte, a National Geographic Society reforça o seu compromisso sustentado com a conservação da espécie como parte do “Sumatran Rhino Rescue”, um programa criado em 2018 em conjunto com outras organizações conservacionistas para apoiar os esforços do governo indonésio sobre a preservação do rinoceronte de Sumatra.

A missão do programa é a transferência de rinocerontes e a construção de instalações para seu cuidado e criação, a fim de reverter a tendência das espécies ameaçadas de extinção.

O Fundo para a Conservação da Disney apoia atualmente dois programas de conservação de rinocerontes na África. No Quênia, trabalha com a organização Lewa Wildlife Conservancy na educação de jovens por meio de experiências imersivas que lhes permitem valorizar as espécies ameaçadas do lugar e ter as habilidades necessárias para promover esforços de conservação em suas comunidades.

Na Zâmbia, junto com a Save the Rhino International, promove a proteção do rinoceronte negro local, apoiando o treinamento em escolas e implementando iniciativas que permitem que crianças e adultos conectem o conservacionismo com as comunidades.

da Redação A Toupeira

Filed in: TV

You might like:

Petlove celebra 25 anos com evento de adoção em nova loja conceito na Oscar Freire, em São Paulo Petlove celebra 25 anos com evento de adoção em nova loja conceito na Oscar Freire, em São Paulo
“Era imperativo para mim que tudo fosse feito do ponto de vista da Amy”, afirma roteirista de “Back to Black” “Era imperativo para mim que tudo fosse feito do ponto de vista da Amy”, afirma roteirista de “Back to Black”
Jeffrey Wright é confirmado no elenco da segunda temporada de “The Last Of Us” Jeffrey Wright é confirmado no elenco da segunda temporada de “The Last Of Us”
“Nove e Meia Semanas de Amor”: Clássico dos Anos 1980 volta aos cinemas em junho “Nove e Meia Semanas de Amor”: Clássico dos Anos 1980 volta aos cinemas em junho
© 9015 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.