Crítica: “Armas na Mesa”

“Armas na Mesa” (Miss Sloane), vai te levar para um verdadeiro campo de batalha, onde tudo é permitido. O filme dirigido pelo inglês John Madden tem um nível de tensão gradativo e envolvente, enredo bem desenvolvido e roteiro promissor, pautado por personagens fortes, imprevisíveis e bem produzidos.

Elizabeth Sloane (Jessica Chastain) é uma executiva poderosa, forte e bem sucedida, que abriu mão de sua vida pessoal para conquistar o altíssimo e importante cargo de lobista que ocupa na cidade de Washington. Capaz de qualquer coisa para atingir seus objetivos, ela utiliza estratégias e meios (por vezes) ilegais, que rodeiam suas ações durante toda a trama e explora com engenho e habilidade as relações com os outros personagens.

Apresentando o aspecto corrupto, trapaceiro e deturpado da atual política americana, o filme destaca a corrupção, crimes envolvendo interesse, abusos de poder, ambição, cinismo e a construção de crenças e verdades em uma notável oposição à profissão, mas principalmente, contra os meios utilizados para vencer, e suas práticas estrategistas de controle.

Ao se opor à bancada que torna legal o porte de armas em território americano, Elizabeth pede demissão da renomada agência de lobby em que trabalha e passa a se dedicar ao lado oposto, atuando em campanhas contrárias à liberação de armas para pessoas comuns, com a intenção de demonstrar inteligência e habilidade contra seus oponentes.

Para a personagem, tudo é um jogo onde ‘perder’ é sinônimo de fracasso e derrota.  A partir daí, a história se desenrola de maneira singular, envolvendo o telespectador com o diálogo e com a atuação impecável da protagonista.

Para quem gosta de produções com diálogos intensos, reviravoltas empolgantes, suspense da dose certa, e finais inesperados, o longa traz grandes surpresas que não deixam a desejar e faz com que o espectador reflita e saia da sala de cinema se questionando sobre os limites da conquista pelo poder e da ética.

Vale a pena conferir!

por Priscila Nastroyanne – especial para A Toupeira

Filed in: Cinema

You might like:

Direto da Toca: Fomos à Coletiva de Imprensa de “Turma da Mônica – Laços” Direto da Toca: Fomos à Coletiva de Imprensa de “Turma da Mônica – Laços”
Havaianas mergulha no universo secreto dos brinquedos com “Toy Story 4” Havaianas mergulha no universo secreto dos brinquedos com “Toy Story 4”
Assista ao trailer oficial de “Aprendiz de Espiã” Assista ao trailer oficial de “Aprendiz de Espiã”
Lilia Cabral é solteirona que quer desencalhar no trailer de “Maria do Caritó” Lilia Cabral é solteirona que quer desencalhar no trailer de “Maria do Caritó”
© 2019 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.