Jornalista e escritora Mayara Vellardi lança livro baseado em canção de Luan Santana

Crédito: Divulgação

A jornalista e escritora Mayara Vellardi acaba de publicar de forma independente o livro intitulado: “Eu vou estar… te esperando. Escreve aí!” baseado na canção composta por Bruno Caliman e interpretada pelo cantor e compositor Luan Santana.

Como forma de inspiração para a obra e com o intuito de ilustrar mentalmente e musicalmente algumas cenas, a autora utilizou 71 títulos musicais interpretados por Luan Santana ao longo de sua carreira.

Em meio aos sucessos e aos demais artistas participantes, podem ser citados: Ana Vilela, Sandy, Legião Urbana, Alcione, Roberto Carlos, Alok, Chitãozinho e Xororó, Fernando e Sorocaba, Ivete Sangalo, Titãs, entre outros tantos.

A partir desta homenagem, lançou-se um novo estilo literário, uma fusão entre música e literatura. Ousada, a escritora tem planos para o futuro: roteirizar a história conduzindo-a para o cinema.

E o que era inicialmente um romance em homenagem ao cantor Luan Santana, foi se tornando um projeto maior e Mayara entendeu que deveria abordar um tema pesado, porém extremamente necessário: o relacionamento abusivo. Ao longo da obra, a autora expõe a situação dos personagens e traz para o leitor uma importante reflexão sobre esse tipo de conduta.

A história retrata a vida de Melinda e Daniel que se apaixonam profundamente na adolescência, mas por conta dos diversos caminhos que a vida segue, eles são impossibilitados de permanecer juntos. Eis, que surge Fernando na fila de um banco, em um lance, assim, sem graça. O principal todos já sabem, agora é necessário adentrar na história para entender o porquê das escolhas de cada um e se no final de tudo, eles conseguirão viver esse grande amor.

O livro “Eu vou estar… te esperando. Escreve aí!” pode ser adquirido em formato e-book pela Amazon ou em formato capa impressa pelo site da autora ou mesmo por meio de suas redes sociais.

Além desta obra, a escritora possui outras criações, dentre elas, o livro infantojuvenil “E se eu não existisse?” que aborda de forma sutil a questão do suicídio e da depressão na infância e na adolescência e o e-book “Aceitação” que retrata o preconceito, demonstrando que não existem padrões de beleza ideais e desenvolve o conceito de que ser diferente é normal.

da Redação A Toupeira

Filed in: Livros

You might like:

“Luca”: Divulgado o trailer inédito da animação original da Pixar “Luca”: Divulgado o trailer inédito da animação original da Pixar
Assista ao teaser oficial de “Army of the Dead: Invasão em Las Vegas” Assista ao teaser oficial de “Army of the Dead: Invasão em Las Vegas”
Crítica: “Judas e o Messias Negro” Crítica: “Judas e o Messias Negro”
Crítica: “Mambo Man – Guiado pela Música” Crítica: “Mambo Man – Guiado pela Música”
© 7492 AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.