O melhor do Oscar 2017

A Cerimônia do Oscar 2017 foi marcada por todo tipo de emoção (o que quer dizer que além de bons momentos, também houve eventos que entrarão para a história da premiação de maneira inglória). Primeiro, vamos a um resumo do que teve de melhor:

  • As apresentações dos concorrentes à Melhor Canção Original: A cerimônia começou num ritmo bastante animado com a interpretação de Justin Timberlake para “Can’t stop the feeling”, da animação “Trolls”. Além dele, também se apresentaram Lin- Manuel Miranda e Auli’i Cravalho (cantando “How far I’ll go” de “Moana”), Sting (com “The Empty Chair” de “Jim: The James Foley Story”) e John Legend fazendo dobradinha com as canções concorrentes por “La La Land – Cantando Estações”: “Audition (The fools who dream)” e “City of Stars”.

  • A participação de Katherine Johnson: Única sobrevivente do trio original vivido por de Janelle Monae, Taraji P. Hansen e Octavia Spencer no longa “Estrelas Além do tempo”, a matemática 98 anos emocionou o público com sua presença no palco.

  • Doces chegando do céu: Durante a premiação, pequenos paraquedas com doces diversos foram oferecidos à plateia, caindo diretamente do céu (ou mais precisamente, da parte superior do Teatro Dolby, em Los Angeles, onde a cerimônia foi realizada). Uma surpresa simples e bastante eficaz para provocar sorrisos nos presentes.

 

  • O discurso de Viola Davis: A atriz confirmou seu favoritismo ao levar para casa a estatueta de Melhor Atriz Coadjuvante por “Um Limite entre Nós” (que chega aos cinemas brasileiros em 02 de março, data em que você confere nossa Crítica Completa). Visivelmente emocionada, Viola mostrou, mais uma vez, pleno domínio das palavras e levou parte dos presentes às lágrimas com o melhor discurso da cerimônia (ao lado da declaração dada pelo ator mexicano Gael Garcia Bernal).

  • O tour de pessoas comuns à premiação: Uma espécie de “pegadinha” levou turistas para um rápido “passeio” pelo auditório ao vivo, com direito a cumprimentos dos atores (atrizes) sentados na primeira fileira. A expressão de surpresa da maioria dos agraciados com a possibilidade fez com que os telespectadores se sentissem parte do evento também.

  • Participações Especiais de grandes nomes do cinema: Em uma interação bem bacana, os atores Charlize Theron e Seth Rogen contaram quais filmes / personalidades influenciaram suas carreiras. Para a atriz, a produção inesquecível é “Se meu apartamento falasse” (1960), enquanto o ator lembrou com saudade de “De Volta para o Futuro” (1985). O mais surpreendente foram as presenças dos protagonistas de ambos os filmes, Shirley MacLaine e Michael J. Fox (este, com direito à chegada no icônico carro DeLorean) na cerimônia.

por Lara McCoy

Filed in: Cinema

You might like:

Disney Studios: “O Beco do Pesadelo” tem primeiras imagens divulgadas Disney Studios: “O Beco do Pesadelo” tem primeiras imagens divulgadas
Searchlight Pictures: Conheça mais sobre o estúdio por trás de “A Casa Sombria” Searchlight Pictures: Conheça mais sobre o estúdio por trás de “A Casa Sombria”
Confira o novo pôster nacional de “O Último Duelo” Confira o novo pôster nacional de “O Último Duelo”
O mês mais assustador do ano traz Victor e Valentino, Mulher-Maravilha e muito mais no Cartoon Network O mês mais assustador do ano traz Victor e Valentino, Mulher-Maravilha e muito mais no Cartoon Network
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.