Mostra que homenageia Al Pacino vai começar no Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo

Imagem do filme “O Poderoso Chefão”

Ícone indiscutível da indústria cinematográfica, Al Pacino será homenageado com a Mostra Pacino no Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo, entre 06 de julho e 18 de agosto. A mostra já passou pelo CCBB RJ e também estará em cartaz no CCBB de Brasília.

No CCBB SP, a programação contará com 24 longas e um debate com dois convidados: Maria Fernanda Vomero (jornalista e doutora em Artes Cênicas) e Vanderlei Bernardino (ator e mestre em Meios e Processos Audiovisuais).

Também haverá um curso sobre a história da atuação no cinema (com duração de 6 horas no total), que contemplará o método moderno de atuação nos Estados Unidos (EUA), onde se formou Al Pacino.

Na seleção de títulos da Mostra Pacino estão alguns de seus trabalhos mais cultuados, como Perfume de Mulher, que lhe rendeu um Oscar em 1993 e filmes com interpretações consagradas, como a trilogia O Poderoso Chefão, que acompanha sua ascensão e queda como um mafioso nos Estados Unidos.

Além disso, formam parte da programação filmes que fez com Michael Mann: Fogo Contra Fogo, O Informante e Um Dia de Cão, de Sidney Lumet, que ganha sessão com acessibilidade (legendagem descritiva, audiodescrição e libras).

O curador da Mostra, Paulo Santos Lima, explica que a intenção é rever a história do mundo e das artes através desse grande ator. “A história de vida de um artista do cinema é a de uma filmografia (…). Filmes costumam espelhar a realidade, e a intenção aqui é revermos a história do mundo e a das artes nas últimas cinco décadas através do gênio deste extraordinário artista.”

A mostra é, também, uma chance de (re)ver filmes menos famosos, mas nem por isso menores em sua carreira, como Os Viciados, de Jerry Schatzberg, lançado em 1971, no qual o ator faz seu primeiro protagonista, um viciado e traficante. Entre os longas que a mostra resgata, estão O Espantalho, de Jerry Schatzberg, e Um momento, uma vida, de Sidney Pollack.

Não poderiam ficar de fora filmes que levaram Al Pacino a indicações ao Oscar, como Dick Tracy, Justiça para todos, Um dia de cão e Serpico. Fazem parte da mostra algumas de suas produções mais recentes, e também uma obra inédita nos cinemas brasileiros, como é o caso de Maglehorn (2015).

“Al Pacino é uma virtuose da interpretação de cinema, pelo que faz em cena e pelo que sua imagem emana da tela. Um ator genial que traz a finesse do método de atuação moderna que singulariza o cinema norte-americano e, especialmente, habita um imaginário coletivo, sendo uma referência transcultural”, conta Santos Lima.

Em mais de 50 anos de carreira, Al Pacino esteve com notórios diretores, de Sidney Lumet e Brian De Palma a, mais recentemente, Martin Scorsese e Quentin Tarantino. O ator também foi para detrás das câmeras e dirigiu quatro longas-metragens que tratam do teatro, paixão eterna de Al Pacino.

Oferecer ao público do CCBB a chance de vivenciar o trabalho de um dos maiores atores do nosso tempo é uma oportunidade única para testemunhar a evolução de uma forma de atuação que deixou uma marca indelével em décadas da cinematografia global.

Ao realizar esse projeto, o Centro Cultural Banco do Brasil reafirma o seu compromisso de ampliar a conexão dos brasileiros com a cultura, por meio de uma mostra que homenageia um dos maiores atores do nosso tempo e inspira uma nova geração de artistas e cinéfilos.

Sobre os convidados do debate:

Maria Fernanda Vomero:

Jornalista, orientadora criativa de projetos artísticos e doutora em Artes Cênicas pela Universidade de São Paulo (USP). Tem especialização em Documental Creativo pela Universitat Autònoma de Barcelona (UAB), Espanha. Atua como provocadora cênica em diversos coletivos teatrais da cidade de São Paulo desde 2014.

Foi curadora das Ações Pedagógicas da Mostra Internacional de Teatro de São Paulo de 2015 a 2020. Como jornalista, trabalhou em revistas como Superinteressante, Revista das Religiões e Bravo!, além de ter colaborado como freelancer com diversas outras publicações. Atualmente escreve textos sobre teatro, cinema e literatura.

Vanderlei Bernardino:

Ator, Mestre em Meios e Processos Audiovisuais com a dissertação “O Ator do Teatro de Arena no Cinema Novo” e Bacharel em Interpretação Teatral pela Escola de Comunicações e Artes-USP. Alguns dos espetáculos teatrais que participou estão “O Paraíso Perdido”, “O Livro de Jó” , “Apocalipse 1,11” com o Grupo Teatro da Vertigem; “O Idiota”, “O Duelo” com a cia mundana; “Galileu Galilei” com a atriz Denise Fraga.

No audiovisual atuou nas séries “Sintonia”, “Irmandade”, “Segunda Chamada”, “Colônia”, “O Rei da TV”, “Rota 66” e nos longas-metragens “Mussum – O Filmis”, “Fortaleza Hotel”.

Serviço:

Mostra de Cinema “Pacino”

De 06 de julho a 18 de agosto

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo. Aberto todos os dias, das 9h às 20h, exceto às terças

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico. São Paulo / SP

Entrada acessível: Pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e outras pessoas que necessitem da rampa de acesso podem utilizar a porta lateral localizada à esquerda da entrada principal

Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). Disponíveis em www.bb.com.br/cultura e bilheteria do CCBB

Informações: (11) 4297-0600

Estacionamento: O CCBB possui estacionamento conveniado na Rua da Consolação, 228 (R$ 14 pelo período de 6 horas – necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB). O traslado é gratuito para o trajeto de ida e volta ao estacionamento e funciona das 12h às 21h

Transporte público: O CCBB fica a 5 minutos da estação São Bento do Metrô. Pesquise linhas de ônibus com embarque e desembarque nas Ruas Líbero Badaró e Boa Vista

Táxi ou Aplicativo: Desembarque na Praça do Patriarca e siga a pé pela Rua da Quitanda até o CCBB (200 m)

Van: Ida e volta gratuita, saindo da Rua da Consolação, 228. No trajeto de volta, há também uma parada no metrô República. Das 12h às 21h

da Redação A Toupeira

Filed in: Cinema, Saia da Toca

You might like:

Que palavra é essa? Leitura infantil para ampliar o vocabulário Que palavra é essa? Leitura infantil para ampliar o vocabulário
Fundação Japão promove Anisong Dance All Styles Battle – Conexão Brasil Japão Fundação Japão promove Anisong Dance All Styles Battle – Conexão Brasil Japão
Super Férias Cinesystem: todo mundo paga meia de segunda a quinta Super Férias Cinesystem: todo mundo paga meia de segunda a quinta
“O Urso S3” – Tudo que você precisa saber sobre a terceira temporada “O Urso S3” – Tudo que você precisa saber sobre a terceira temporada
© AToupeira. All rights reserved. XHTML / CSS Valid.
Proudly designed by Theme Junkie.